Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Pais suspeitos de abusar de filhos em 'pegadinhas' no YouTube

Vídeos do canal DaddyOfFive vêm causando revolta nos Estados Unidos

Pais suspeitos de abusar de filhos 
em 'pegadinhas' no YouTube
Notícias ao Minuto Brasil

18:34 - 20/04/17 por Notícias Ao Minuto

Tech polêmica

Um canal do Youtube expõe, de maneira crua, até onde o ser humano é capaz de ir por alguma popularidade. Aberto em 2015, DaddyOFive tem 766.352 inscritos e soma mais de 173 milhões de visualizações em vídeos em que o pai e a mãe se revezam em pegadinhas com os próprios filhos. Os títulos são explícitos, como "8 year old gets waterboarded" (Menino de 8 anos é torturado com toalha, em tradução livre), ou "Cody Ruined Family Night" (Cody arruinou a noite da família).

Cody, que tem 10 anos, é aliás, o alvo mais frequente das "brincadeiras" de Heather e Mike, como são identificados os pais, que são contadores. O menino costuma aparecer chorando, apanhando, sendo ameaçado ou jogado contra coisas, enquanto os pais gargalham. Em uma das pegadinhas mais assustadoras, a mãe suja propositadamente o chão com falsa tinta. Chama Cody aos berros e, xingando-o, faz ameaças. Depois, quando avisa que estava apenas brincando, a criança parece estar tão assustada que apenas se senta.

O vídeo é um dos assuntos mais comentados do YouTube há dois dias e foi denunciado como emocionalmente abusivo e retirado do ar, junto com todo o conteúdo do canal. No Twitter, o pai fez postagens dramáticas, informando que a família está destruída com os eventos desta semana. E que os vídeos eram apenas "brincadeiras consensuais, que tinham até roteiro".

Com a dimensão que o caso tomou, alguns comentários divulgam uma petição para que Cody e a irmã Emma sejam devolvidos à mãe biológica. Aparentemente, a mulher que aparece nos vídeos é a madrasta dos dois.

"Nunca dissemos que os vídeos eram falsos no ar porque não queríamos decepcionar ninguém", dizem no único vídeo remanescente. "Preferimos perder o canal do YouTube do que os nossos filhos", garantem. Segundo Mike, a família está recebendo ameaças. O vídeo  de "esclarecimento" dos pais não pode ser compartilhado, mas pode ser visualizado aqui.

Leia também: Esquece de apagar os apps que baixa? O Google ajuda

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório