Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Criança de três anos é encontrada morta em brinquedo inflável

Menino foi encontrado por uma prima; o caso está sendo investigado

Criança de três anos é encontrada morta em brinquedo inflável
Notícias ao Minuto Brasil

18:44 - 01/11/15 por Notícias ao Minuto Brasil

Brasil Pernambuco

Um menino de três anos de idade foi encontrado morto em um brinquedo pula-pula desinflado, na manhã deste domingo (1º), no distrito de Barra de Sirinhaém, em Sirinhaém, na Zona da Mata Sul de Pernambuco.

As informações foram divulgadas pelo G1. A polícia informou que a dona do equipamento não notou a presença do menino quando foi desinflar o brinquedo. O garoto, Paulo Henrique Ferreira, de três anos, estava no pula-pula no sábado (31).

De acordo com a publicação, a mãe do garoto deixou-o no brinquedo para brincar à noite, apontam as primeiras informações registradas pelo 10º Batalhão da Polícia Militar.

No entanto, vizinhos contaram que a mãe teria perdido o filho de vista e que os parentes procuraram a criança durante a noite e a madrugada, sem sucesso. Ainda há dúvidas se o menino foi retirado do brinquedo e depois voltou sozinho ou se permaneceu lá.

Conta o G1 que a família contratou um carro de som, que rodou o município com a foto do menino, pedindo que as pessoas informassem se o encontrassem.

A prima Aline Nascimento Silva, de 25 anos, foi quem encontrou o corpo da crianla, por volta das 9h deste domingo. “De manhã, vizinhos disseram que tinham encontrado uma sandália perto da barraca do pula-pula. Foi quando eu e uma colega fomos à casa da dona do brinquedo para perguntar se ela havia visto o menino”, disse Aline.

“O pula-pula estava no mesmo local, só que murcho e enrolado em uma lona. Quando levantamos, ele estava lá, deitado de barriga para baixo. Ele já tinha tentado tirar um braço da camisa e o dedinho estava na boca. Me desesperei”, lamenta.

A publicação refere ainda que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas Paulo Henrique já se encontrava sem vida. O corpo foi levado ao Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.

O G1 destaca que o caso foi registrado na Delegacia de Sirinhaém, onde a mãe da criança e a dona do brinquedo vão prestar depoimento.

Campo obrigatório