Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Polícia leva 33 para delegacia após flagrar rachas na Grande SP

A penas para este tipo de crime podem oscilar de seis meses a três anos de prisão, multa, suspensão ou proibição de se obter a permissão, ou a habilitação, para dirigir.

Polícia leva 33 para delegacia após flagrar rachas na Grande SP
Notícias ao Minuto Brasil

19:45 - 19/02/21 por Folhapress

Brasil CRIME-SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Polícia Civil indiciou 33 pessoas e apreendeu 24 carros após flagrar corridas clandestinas, na madrugada desta sexta-feira (19) em Guarulhos (Grande SP). O 4º DP da cidade realizou uma operação após o jornal Agora denunciar rachas na avenida Narain Singh, em reportagem exclusiva publicada nesta quarta-feira (17). Todos os suspeitos, segundo a polícia, foram levados para a delegacia.


O MP (Ministério Público) da cidade da Grande São Paulo afirmou, por meio de assessoria de imprensa, que irá requisitar a instauração de um Inquérito policial para investigar as corridas ilegais na região.


Vídeos feitos por investigadores do 4º DP, nesta sexta, mostram dezenas de pessoas aglomeradas em canteiros da avenida Narain Singh, contrariando protocolos sanitários de prevenção à Covid-19. Os espectadores estavam no local para assistir aos rachas, com duplas de carros largando em seguência.


Um dos registros mostra até a formação de fila com carros que aceleram na via de mão única e limite máximo de velocidade de 50 km/h.


Em 27 segundos ocorrem três largadas, uma atrás da outra, segundo vídeo feito pela polícia. Um homem aparece dando sinal com os braços para os veículos acelerarem, como em filmes.


Policiais civis se infiltraram em meio aos motoristas e ao público, constatando que "foram se acumulando um sem-número de corredores, com seus carros, os quais passaram a disputar corridas", diz trecho de documento da chefia de investigações do 4º DP.


Assim que as corridas ilegais foram constatadas nesta sexta, a Polícia Militar acabou acionada. A ação conjunta apreendeu os 24 veículos e indiciou 33 pessoas, que constam como investigadas, no boletim de ocorrência, por participarem das corridas não autorizadas.


Todos irão responder ao caso, por hora, em liberdade. A defesa dos suspeitos não foi localizada.


Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, é crime "participar, na direção de veículo automotor, em via pública, de corrida, disputa ou competição automobilística ou ainda de exibição ou demonstração de perícia em manobra de veículo automotor, não autorizada pela autoridade competente, gerando situação de risco à incolumidade pública ou privada."


A penas para este tipo de crime podem oscilar de seis meses a três anos de prisão, multa, suspensão ou proibição de se obter a permissão, ou a habilitação, para dirigir veículo automotor.


Mesmo com chuva, como ocorreu no último dia 13, alguns motoristas aceleram na avenida de Guarulhos, conforme revelado pelo Agora. Na madrugada deste mesmo dia, a reportagem flagrou seis rachas.


A via, segundo afirmado por um homem que trabalha em uma empresa da avenida, em condição de anonimato, é usada para disputas ilegais entre veículos há ao menos dois anos.


OUTRO LADO


A Prefeitura de Guarulhos, gestão Gustavo Henric Costa, conhecido como Guti (PSD), afirmou no início da semana que o limite de velocidade na avenida Narain Singh é de 50 km/h. "Já está sendo providenciada a colocação da sinalização de velocidade, bem como de lombadas no local", afirmou.


Pelo fato de a avenida estar perto da rodovia Presidente Dutra, que é federal, a GCM (Guarda Civil Municipal), em parceria com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), realizou oito operações na via, entre 1º de julho do ano passado e 15 de janeiro deste ano, segundo a prefeitura. As operações, acrescentou a nota, resultaram na apreensão de sete veículos e na aplicação de 27 autos de infração de trânsito.


A Polícia Militar também afirmou, na ocasião, atuar "de forma ostensiva e preventiva" para coibir rachas na re gião de Guarulhos. "A Corporação realiza fiscalizações de trânsito com base em informações obtidas pelo serviço de inteligência policial, embasado em monitoramento de redes sociais e denúncias específicas, que podem ser feitas através do 181 ou 190", diz trecho de nota.


O Comando de Policiamento de Trânsito afirmou que, em 2020, apreendeu 20.698 veículos na cidade, além de elaborar 608.975 autuações de trânsito. A corporação, porém, não deu números sobre ocorrências registradas na avenida Narain Singh.

Campo obrigatório