Meteorologia

  • 25 JULHO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Porco ataca e morde motoqueiro em Franca (SP)

Willian de Souza Rodrigues foi atacado enquanto passava pelo bairro Jardim Bonsucesso no domingo (18)

Notícias ao Minuto Brasil

20:45 - 20/07/21 por Folhapress

Brasil Surreal

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - Um professor de dança que passou a trabalhar como motoqueiro de entregas na pandemia foi atacado e mordido por um porco no trânsito da cidade de Franca, município da região oeste do estado de São Paulo, a 400 quilômetros da capital.

Um motorista que passava pelo local filmou o ataque, aos risos, e sem esboçar qualquer reação para ajudar o professor, apesar de pedidos de outra pessoa que estava no carro.

O professor, identificado como Willian de Souza Rodrigues, de 43 anos, foi atacado enquanto passava pelo bairro Jardim Bonsucesso no domingo (18). A prefeitura informou que Willian foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Anita e que teve alta no mesmo dia.

Pai de uma filha pequena, o professor foi mordido nas nádegas e levou 14 pontos. Uma vaquinha online foi criada para ajudar Willian, que terá que ficar sem trabalhar, agora também como entregador.

As cenas gravadas pelo motorista mostram o professor já descendo da moto no meio da rua por conta da aproximação do porco. Condutores de outros carros que estão próximos também não procuram ajudar.

O animal persegue Willian, que tenta correr, tropeça e cai. Em seguida o professor se levanta e busca afastar o animal com o baú de entregas. O porco avança novamente e o entregador cai mais uma vez. Nesse momento, pelas imagens, ocorre a mordida.

Até esta terça-feira (20), o pedido de recursos pela internet havia alcançado R$ 3.750. O movimento para ajudar o professor pedia R$ 3.000. O organizador da vaquinha diz que Willian é professor de zumba, pai de uma criança e precisa trabalhar para colocar comida em casa.

A Prefeitura de Franca não respondeu questionamentos da reportagem sobre quem é o proprietário do porco e por quais motivos o animal estava solto. Em nota, o município disse apenas que está adotando providências legais e administrativas para que o responsável retire os animais da área.

A reportagem não conseguiu contato com Willian.

Campo obrigatório