Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Projetos preveem construção de boulevard na avenida Paulista

Sugeridas pela iniciativa privada, as iniciativas ainda não têm previsão previsão de inauguração.

Projetos preveem construção de boulevard na avenida Paulista
Notícias ao Minuto Brasil

07:00 - 21/06/22 por Folhapress

Brasil URBANISMO-SP

(FOLHAPRESS) - Dois projetos de requalificação preveem a construção de boulevards na região da avenida Paulista, na região central de São Paulo. Sugeridas pela iniciativa privada, as iniciativas ainda não têm previsão previsão de inauguração.

Uma das alamedas foi projetada para ocupar a esquina da alameda Rio Claro com a rua São Carlos do Pinhal, na parte da avenida próxima ao bairro da Bela Vista.

A outra mudança irá transformar o quarteirão entre a própria Paulista e a rua Leôncio de Carvalho, na altura da Vila Mariana, em um calçadão para pedestres. Atualmente, os projetos estão em fase de chamamento público em que empresas podem oferecer projetos.

Anunciado em 2019, o boulevard da alameda Rio Claro foi alterado após manifestação contrária de associações de moradores. Os vizinhos recorreram à Justiça para barrar a construção de um túnel de cerca de 100 metros que ligaria a avenida Paulista ao empreendimento Cidade Matarazzo, autor do projeto. A obra tinha sido aprovada pelo então prefeito Bruno Covas (PSDB).

Segundo a empresa responsável pelo Cidade Matarazzo, a ação movida pelas associações embargou a obra por mais de um ano e a tornou inviável. "A rua São Carlos do Pinhal já está problemática do ponto de vista do trânsito e iria piorar. Contestamos esse túnel e o projeto foi alterado", diz Raphaela Galletti, advogada das associações de moradores da Bela Vista, Consolação e arredores.

Um trecho da rua São Carlos do Pinhal teria que ficar interditada durante as obras, e não há opções de desvios, segundo a advogada.

O novo projeto manteve o plano de revitalizar a área verde na via, além de instalar mobiliário urbano, iluminação e fazer o enterramento dos cabos. Haverá espaço para feiras de orgânicos, programação cultural e barracas de comida.

A empresa contratou um escritório nacional de arquitetura e urbanismo, que incluiu no projeto peças dos Irmãos Campana como mobiliário urbano. Os itens terão formatos naturais que imitam troncos e galhos. Segundo o empresário Alexandre Allard, do Cidade Matarazzo, o boulevard tem a ambição de influenciar outros empreendedores a cuidarem de mais espaços pela cidade.

O segundo boulevard foi proposto pelo Itaú Cultural em parceria com o Sesc Paulista como uma forma de integrar os dois endereços, que são vizinhos. A rua Leôncio de Carvalho terá o asfalto elevado para transformá-la em um calçadão para pedestres. "Deste modo, esse trecho da via será repactuado de modo a se tornar palco de acolhimento do público para programação ao ar livre, o que inclui atividades de arte", diz Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural.

Campo obrigatório