Meteorologia

  • 08 ABRIL 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Policial morto em queda de helicóptero estava de casamento marcado

Rogério deixa a mulher e dois filhos, uma menina, de 7 anos, e um adolescente, de 15 anos

Policial morto em queda de helicóptero estava de casamento marcado
Notícias ao Minuto Brasil

19:25 - 20/11/16 por Notícias Ao Minuto

Brasil Tragédia

Um dos policiais militares que morreu na queda do helicóptero da PM, no último sábado (19), na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio, estava de casamento marcado para semana que vem, segundo matéria do Extra. O corpo do terceiro-sargento Rogério Félix Rainha foi levado para o Cemitério Jardim da Saudade, na Zona Oeste da cidade.

"Era um policial honesto, trabalhador, amava sua família. Estava de casamento marcado para sábado agora. Rapaz íntegro, amava esporte, amava a vida, cheio de vida, estava de licença. Voltou para o trabalho sábado e teve sua vida dizimada. Ele amava o que fazia. Adorava voar. Não tenho nem palavras para expressar como ele vai fazer falta", disse o policial e companheiro de voo, Franklin Camara.

Rogério deixa a mulher e dois filhos, uma menina, de 7 anos, e um adolescente, de 15 anos.

O corpo do subtenente Camilo de Carvalho foi levado para o Cemitério Parque Nichteroy, em Vista Alegre, São Gonçalo, na Região Metropolitana. O agente de 39 anos era casado e tinha dois filhos.

O corpo do major Rogério Melo Costa foi enterrado no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, Zona Oeste da capital. Costa deixa a mulher e duas filhas.

Três PMs que estavam no helicóptero foram velados neste domingo, no Batalhão de Choque, no Centro do Rio.

O único corpo que não foi para o Batalhão de Choque foi o do capitão William de Freitas Schorcht, que será sepultado no Cemitério Alto dos Passos.

Leia mais: Helicóptero é derrubado na Cidade de Deus e mata 4; veja

Campo obrigatório