Espera na saúde cresce 25%, apesar de Crivella prometer filas menores

Dados foram levantados por meio de informações do Sistema Nacional de Regulação no Rio de Janeiro

© Getty Images
Brasil Rio de Janeiro 10:00 - 19/03/17 POR Notícias Ao Minuto

Uma das promessas da campanha do prefeito eleito, Marcelo Crivella (PRB), era a redução do tempo de espera por consultas e procedimentos médicos no Rio de Janeiro. No entanto, dados revelam que a fila cresceu desde o começo de sua gestão.

PUB

Segundo o UOL, a espera por atendimento na área da saúde aumentou 25% desde que Crivella assumiu a prefeitura. Segundo dados presentes do Sisreg (Sistema Nacional de Regulação), um dia após ter assumido o cargo, constavam mais de 132 mil consultas na lista de pendências. Nesta quinta-feira (16), o mesmo sistema já apontava mais de 166 mil pendências.

Ainda assim, parece que o discurso do prefeito segue o mesmo. Há uma semana, Crivella postou em seu instagram a imagem de uma equipe médica do hospital Hospital Miguel Couto, anunciando a entrega de um novo equipamento de oftalmologia, com a legenda "A maior riqueza de um país é a saúde das pessoas. Exames e cirurgias é algo prioritário!". 

O problema do fluxo de atendimento no Hospital Miguel Couto será agilizado. Hoje entregamos novo equipamento de oftalmologia. A maior riqueza de um país é a saúde das pessoas. Exames e cirurgias é algo prioritário!

Uma publicação partilhada por Marcelo Crivella (@mcrivella) a Mar 10, 2017 às 10:13 PST

Leia também: Secretário diz que clima no presídio de Alcaçuz ainda é 'tenso'

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X