Homem bate em carro de PM, é preso e encontrado morto em cela no DF

A vítima foi detida na sexta-feira (14), por volta das 15h, após dirigir embriagado e bater em um carro particular de um policial

© Rodi Said/Reuters
Brasil mistério 13:57 - 16/07/17 POR Notícias Ao Minuto

Uma morte ainda não esclarecida é a de um motorista terceirizado da Caixa Econômica em uma delegacia do Distrito Federal. Um laudo preliminar do Instituto de Criminalística (IC) e do Instituto Médico Legal (IML) afirmam que Luis Cláudio Rodrigues, 48 anos, teria cometido suicídio dentro da cela.

PUB

Segundo informações do Diario de Pernambuco, a vítima foi detida na sexta-feira (14), por volta das 15h, após dirigir embriagado e bater em um carro particular de um policial. Uma hora depois, a família foi a unidade de polícia pagar a fiança. Quando chegou ao local, Luis já estava sem vida.

+ Advogado negro é barrado em bar de Curitiba por 'parecer um segurança'

Apesar de resultado completo do exame apenas ser liberado em até 30 dias, a necropsia foi realizada na manhã dessa sábado (15). A família, que não acredita em suicídio, não foi autorizada a acompanhar o procedimento.

"Pedimos um procedimento bem detalhado para apurar essa morte muito suspeita. Não havia motivos para o Luis se matar. Ele ia comemorar o aniversário hoje e estava bem empolgado com a festa", disse Marcos Eustáquio, 48, cunhado da vítima.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X