Exército diz que garimpo em terra indígena faturava R$ 32 milhões/mês

Local fica no alto do Rio do Uraricoera, próximo da fronteira com a Venezuela

© Reuters
Brasil denúncia 19:47 - 16/07/17 POR Notícias Ao Minuto

O Exército Brasileiro descobriu um garimpo ilegal chamado "Mutum", em Terra Indígena Yanomami, no estado de Roraima. O local tinha mais de mil pessoas e uma renda mensal aproximada de R$ 32 milhões.

PUB

As informações são da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).  Segundo a publicação, o local fica no alto do Rio do Uraricoera, próximo da fronteira com a Venezuela, e contava com a estrutura de uma pequena cidade, com direito a salão de beleza e duas mercearias.

+ Pai não consegue batizar filhos com nomes de 'Mosqueteiros' no Acre

Em entrevista a EBC, o General Gustavo Dutra afirmou que o garimpo foi instalado no início do ano e que a maioria dos garimpeiros deixou o local. Com informações da Sputnik News Brasil. 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X