Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2017
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 13º

Edição

Julgamento de maior chacina de SP segue com relato de sobrevivente

O júri pode durar até 12 dias

Julgamento de maior chacina de SP segue com relato de sobrevivente
Notícias ao Minuto Brasil

12:09 - 19/09/17 por Folhapress

Justiça CRIME

O julgamento dos três acusados de participar da chacina de Osasco e Barueri, que deixou 17 pessoas mortas em 2015, foi retomado na manhã desta terça-feira (19) com o depoimento de uma testemunha sobrevivente batizada de Elias.

A vítima foi ouvida em esquema especial de segurança sem a presença de público ou de jornalistas. Só estão na sala a juíza (equipe), o promotor, advogados e jurados. O júri pode durar até 12 dias.

+ 1º dia do júri de chacina em SP tem choro de réu e medo de testemunha

A testemunha diz ter reconhecido o soldado da Rota Fabrício Emanuel Eleutério como sendo um dos criminosos dos ataques da noite de 13 agosto. O reconhecimento levou à prisão do PM, a primeira da investigação, dias após a chacina. O PM já era suspeito de participação em outras chacinas em Osasco.

Segundo os policiais responsáveis pela investigação ouvidos na segunda-feira (18), essa é a única prova que coloca o PM na na cena do crime. A defesa do policial diz, porém, que essa testemunha mente, uma vez que Eleutério estaria na casa da noiva na noite do crime, conforme todos os indícios apontam.

+ Chacina em Osasco: PMs vão a júri popular; penas podem ser de 300 anos

Durante os depoimentos na fase de instrução, Elias levou mais de nove minutos para reconhecer o PM e só conseguiu após colocar os óculos. Na noite do crime estava sem eles.

O que a defesa também aponta como descrédito do testemunho é a inexistência de registro policial de que ele tenha sido atacado naquele noite. Além disso, outra testemunha diz que a vítima baleada naquele na rua Suzano tinha cerca 15 anos. A pessoa que depõe tem cerca de 30.

Ainda hoje, outras cinco testemunhas da acusação devem ser ouvidas. Com informações da Folhapress.

Campo obrigatório