Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Vítima de atirador de Goiânia pode ficar paraplégica, revela tio

Isadora de Morais, de 14 anos, segue internada na UTI; ela não está sedada nem corre risco de morte

Vítima de atirador de Goiânia pode ficar paraplégica, revela tio
Notícias ao Minuto Brasil

18:06 - 21/10/17 por Notícias Ao Minuto

Brasil tragédia

Uma das vítimas do tiroteio no Colégio Goyases, Isadora de Morais, de 14 anos, corre o risco de ficar paraplégica, segundo o tio da estudante, Odair José dos Santos. A jovem está internada em estado grave no Hospital de Urgência e Emergência de Goiânia (Hugo), em Goiânia, desde a manhã dessa sexta-feira (20).

Santos informou ao "Metrópoles" que Isadora não corre risco de morte. Mas como ela foi atingida por três tiros -na mão, na nuca e nas costas- os médicos temem que a coluna da jovem tenha sido atingida e que isso comprometa os movimentos das pernas.

+ Aluno que atirou em colegas presta depoimento ao MP em Goiânia

Ainda de acordo com informações dos familiares, a adolescente abriu os olhos neste sábado (21) e chegou a mexer a cabeça. Isadora está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas já não está sedada.

Além de Isadora, permanecem internados os adolescentes Marcela Aragão, 13; Hyago Marques, 13; e Lara Fleury Borges. Os estudantes João Pedro Calembo e João Vitor Gomes, ambos de 13 anos, foram atingidos na cabeça e não resistiram aos ferimentos. Eles foram velados e sepultados na manhã deste sábado (21).

Os seis estudantes foram vítimas de um colega de classe, de 14 anos, que abriu fogo em sala de aula na manhã desta sexta (20).

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório