Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Apoiadores de Lula se dizem confiantes sobre julgamento

Militantes do PT, MTST e CUT aguardam no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, o início do julgamento do habeas corpus de Lula pelo STF

Apoiadores de Lula se dizem confiantes sobre julgamento
Notícias ao Minuto Brasil

14:37 - 04/04/18 por Folhapress

Brasil Habeas Corpus

Ao som de uma banda que toca músicas brasileiras e canções em espanhol, militantes do PT, MTST e CUT aguardam no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, o início do julgamento do habeas corpus de Lula pelo STF (Supremo Tribunal Federal) nesta quarta-feira (4).

Lula chegou ao local por volta das 11h20 sem falar com os jornalistas e deve acompanhar o julgamento no segundo andar do prédio.

No terceiro, militantes aguardam sentados em cadeiras de plástico no auditório decorado com fotos da trajetória de Lula, bandeiras do Brasil, camisetas com os dizeres "Bora lá decidir o futuro trabalhador", retalhos floridos e bandeiras do sindicato.

A costureira aposentada Maria Aparecida da Costa, 73, é filiada ao PT desde o início do partido e diz confiar no resultado favorável ao petista. "Tenho expectativa que os ministros tenham coerência e votem no habeas corpus pela liberdade de Lula."

+ Anistia Internacional repudia declaração de comandante do Exército

O serralheiro Cláudio Paulo da Silva, 50, do MTST veio para a vigília em um dos quatro ônibus que trouxeram moradores do acampamento povo sem medo, em São Bernardo do Campo. Ele afirma que uma decisão contrária a Lula será como uma faca enfiada na democracia.

"Nós, como movimento social, não admitimos isso, razão pela qual estamos nas ruas para resgatar o que é nosso por direito", afirma.

Apesar de dizer que é indiscutível que caso Lula volte a ser eleito como presidente defenderá os direitos dos trabalhadores, entre o petista e Guilherme Boulos, pré-candidato à Presidência pelo PSOL, Cláudio votaria em Boulos.

Já a dona de casa Jane do Nascimento, 44, também integrante do MTST e moradora do acampamento em São Bernardo garante que votará em Lula.

Ela aguarda o início do julgamento ao lado da filha Vitória Rebeca, 10, que tem paralisia cerebral. A mãe faz questão de levar a menina que utiliza uma cadeira de rodas para interagir com os movimentos. Ela afirma que depois que Lula deixou o poder viu o valor do LOAS diminuir, teve o Bolsa Família cortado e percebeu a saúde ficar precária.

"Se o Lula for candidato, voto no Lula, porque ele fez muita coisa", diz. Jane também afirma acreditar que Lula sairá vencedor no julgamento no STF. Com informações da Folhapress.

Campo obrigatório