Meteorologia

  • 18 MAIO 2022
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Habitação: Covas diz que moradores de ocupação não podem furar fila

Covas afirmou que a política habitacional do governo não deve priorizar os desabrigados de invasões

Habitação: Covas diz que moradores de ocupação não podem furar fila
Notícias ao Minuto Brasil

18:17 - 02/05/18 por Notícias Ao Minuto

Brasil Prefeito

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, falou sobre a responsabilidade do governo em garantir habitação para quem precisa. Um dia após prédio ocupado que estava sob responsabilidade do município pegar fogo e desabar, Covas afirmou que a política habitacional do governo não deve priorizar os desabrigados de invasões.

Segundo o prefeito, existem 360 mil famílias aguardando casa própria em São Paulo. O número inclui pessoas que vivem em áreas invadidas, áreas de risco, ou com o aluguel social.

+ Incêndio em SP: o que se sabe sobre o prédio que desabou

“Não podemos fazer uma política habitacional somente para as 45 mil famílias que estão em áreas invadidas. Não pode a partir de um pretexto de invasão furar uma fila, que temos em conjunto com o governo do Estado, CDHU e Cohab”, disse o prefeito em entrevista à Jovem Pan.

Covas ainda garantiu que irá "ampliar oferta de unidades habitacionais”. “Temos uma política em que temos que olhar para todo mundo, não apenas para as áreas invadidas, mas também para os que estão em área de risco ou há anos aguardando a casa própria”, declarou.

A Prefeitura de SP anunciou que irá criar uma “força-tarefa” a partir de reunião com oito secretarias na tarde desta quarta-feira (2) para vistoriar 70 prédios ocupados.

Campo obrigatório