Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Vereadores do Rio aprovam projeto que proíbe canudos de plástico

ONG Meu Rio explica que os canudos não devem deixar de existir, mas sim passar a serem feitos com materiais biodegradáveis ou recicláveis

Vereadores do Rio aprovam projeto que proíbe canudos de plástico
Notícias ao Minuto Brasil

05:57 - 08/06/18 por Notícias Ao Minuto

Brasil Meio Ambiente

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou nessa quinta-feira (7) um projeto de lei que obriga bares e restaurantes a usar canudos de papel biodegradável ou de materiais recicláveis. A proposta de autoria do vereador Jairinho (MDB) segue agora para sanção ou veto do prefeito Marcelo Crivella.

Se entrar em vigor, os estabelecimentos comerciais que descumprirem a nova lei serão multados em R$ 3 mil. Os que forem reincidentes terão o valor da penalidade dobrado, segundo apurado pelo O Globo.

A ONG Meu Rio criou uma petição virtual para forçar os vereadores a votar o projeto e recebeu mais de 4.500 assinaturas. O texto já havia sido aprovado nessa quarta-feira (6), em primeira discussão. O único vereador a votar contra foi Leandro Lyra, do Partido NOVO.

+ Procon-SP recebe mais de 5 mil denúncias contra postos de combustíveis

De acordo com a ONG, o engajamento com questões ambientais é um movimento internacional, que está se intensificando em países da Europa. No ano passado, por exemplo, a França proibiu a venda de talheres, copos e plásticos descartáveis de material não biodegradável até 2020. Dez países já proibiram o canudinho de plástico.

"A gente acha que é uma coisa bem simbólica e fizemos pressão para essa matéria ser votada na Semana do Meio Ambiente. É um grande presente a cidade vai receber. (...) É bom lembrar que a pessoa não vai ficar sem o canudinho. Ele não vai deixar de existir, só vai passar a ser feito de um material sustentável, biodegradável", explica João Senise, coordenador de mobilização da Meu Rio ao site.

Campo obrigatório