Meteorologia

  • 20 JUNHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Mãe de brasileiro detido na Rússia pede ajuda: 'Estou desesperada'

Na segunda-feira passada (18), data em que Leonardo Pestana Dantas voltaria para Fortaleza, o brasileiro foi levado pelas autoridades russas para um centro psiquiátrico por causa de um possível "surto"

Mãe de brasileiro detido na Rússia pede ajuda: 'Estou desesperada'
Notícias ao Minuto Brasil

06:56 - 26/06/18 por Notícias Ao Minuto

Brasil revolta

Desde o último dia 16, a família do estudante cearense Leonardo Pestana Dantas, 27 anos, que está em São Petersburgo, na Rússia, desde abril deste ano, não recebe notícias do jovem. Na segunda-feira passada (18), data em que o brasileiro voltaria para Fortaleza, o brasileiro foi levado pelas autoridades russas para um centro psiquiátrico por causa de um possível "surto". Nessa data, o rapaz enviou um áudio para a mãe, Fátima Pestana Dantas.

"Estou desesperada. Não como, não durmo. Estou sem chão. Não me deixam falar com ele. Quero tê-lo de volta. Ficaram dizendo que meu filho tinha surtado, mas ninguém sabe dizer um diagnóstico. Meu filho nunca tinha apresentado sintoma nenhum. Como é que ele pode apresentar risco? ", questionou Fátima, em entrevista ao EXTRA.

Para tentar solucionar o caso, a mulher se comunicou tanto com o Itamaraty quanto com a Embaixada do Brasil, em São Petersburgo. "A gente vai fazer de tudo (para trazê-lo de volta)", disse a mãe de Leonardo, acrescentando que conseguiu o contato de uma médica russa que trabalha na instituição onde o filho está internado. "Quero muita ajuda. Isso é inexplicável", desabafou.

+ Corregedoria investiga suspeita de fraude na venda de comida a prisões

A profissional da área de saúde, que fala inglês, não detalhou o que havia acontecido. Limitou-se a dizer, contou Fátima, que estão tratando de uma possível esquizofrenia. "Mas só que eu acho que não tem nem lógica. Eles estão dando medicação de algo que ele nunca apresentou. Meu filho está no hospital tomando medicação sem necessidade. Ele sempre foi uma pessoa tranquila, cheia de amigo... fez a faculdade dele. Então está uma coisa bem estranha e deixando a gente louca", afirmou a mãe do jovem.

Amigos e familiares de Leonardo disseram que a motivação da internação do cearense, segundo a embaixada, "foi uma detenção por ter problemas psicológicos". Apesar de nenhuma nota ter sido divulgada sobre o quadro do rapaz, a unidade de saúde declarou que Leonardo "está bem de saúde, tranquilo".

Leia abaixo, na íntegra, a nota do Itamaraty:

"O consulado temporário do Brasil em São Petesburgo e a embaixada do Brasil em Moscou acompanham a situação do cidadão brasileiro, mantêm contato com seus familiares e prestam toda assistência consular cabível. Representante do consulado realizou visita ao nacional brasileiro, auxiliou com serviço de intérprete russo e também no contato com sua família. Em atenção à Lei de Acesso à Informação e em respeito à privacidade do cidadão brasileiro, esta assessoria não está autorizada a fornecer informações pessoais sobre o caso".

Campanha na web

Com a missão de trazer o jovem de volta para o Brasil, parentes e amigos têm feito uma campanha nas redes sociais com a #soltemoleo. Na postagem, a família diz que "Leonardo "tem sido mantido em um hospital/clínica psiquiátrico(a)", segundo o consulado honorário brasileiro em São Petersburgo. Segundo o post, o jovem disse que estava "mais ou menos" e que tinha ocorrido "mais um contratempo na Rússia".

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório