Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Zilah Abramo, fundadora do PT, morre aos 92 anos em SP

Velório será realizado nesta sexta (17/8), das 9h às 15h, no Funeral Home

Zilah Abramo, fundadora do PT, morre aos 92 anos em SP
Notícias ao Minuto Brasil

08:38 - 17/08/18 por Folhapress

Brasil óbito

Um das fundadoras do PT e presidente de honra do conselho curador da Fundação Perseu Abramo, Zilah Abramo morreu nesta quinta-feira (16), em São Paulo, aos 92 anos.

Durante a ditadura militar no Brasil, Zilah Abramo teve destacada atuação na defesa dos direitos humanos e da liberdade de expressão.

Zilah formou-se em ciências sociais pela Universidade de São Paulo. Sua atuação política teve início no começo dos anos 1950, quando militou no PSB.

Em 1952, casou-se com o jornalista, professor e dirigente do PT Perseu Abramo (1929 -1996), com quem teve cinco filhos: Laís, Helena, Mário, Marta e Beatriz.

Perseu e Zilah participaram de diversos atos em oposição ao governo militar. Integraram, por exemplo, o Comitê Brasileiro pela Anistia, grupo da sociedade civil formado em 1978.

No começo dos anos 1980, foram dois dos mais atuantes fundadores do PT.

+ Participe: campanha do Notícias ao Minuto dá iPhone X de R$ 7.799

+ Selecionados do Fies com inscrição postergada devem completar dados

Por 16 anos Perseu ocupou diversos postos de direção no partido.

A Fundação Perseu Abramo foi instituída pelo PT em maio de 1996, dois meses após a morte do jornalista. Na ocasião Zilah foi indicada pelo partido para compor a primeira diretoria da fundação e dar continuidade aos projetos do marido.

O velório será realizado nesta sexta (17/8), das 9h às 15h, no Funeral Home. O enterro será às 17h no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, em São Paulo. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório