Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Grupos criam financiamento coletivo para apoio a minorias

Até agora, projeto 'Ninguém fica pra trás' já arrecadou mais de R$ 270 mil

Grupos criam financiamento coletivo para apoio a minorias
Notícias ao Minuto Brasil

13:30 - 17/11/18 por Notícias Ao Minuto

Brasil medo da violência

Temendo o aumento da violência com a eleição de Jair Bolsonaro para presidente, organizações sem fins lucrativos, como o "Nossas" e o "Quebrando Tabu", criaram um financiamento coletivo para apoio a instituição que cuidam de minorias em situações de vulnerabilidade.

O projeto "Ninguém fica pra trás" pretende distribuir o dinheiro arrecadado a cinco instituições que ajudam LGTBs, mulheres vítimas de violência doméstica e jovens vítimas de violência urbana.

Como cita o blog do jornalista Lauro Jardim, no 'Globo', posteriormente, o grupo quer abrir um edital público para que outras instituições possam ser beneficiadas com as doações.

+ Peão fica em estado grave após ser pisoteado por touro em rodeio no PR

A meta inicial de arrecadação, de R$ 250 mil, foi atingida em 15 dias, segundo divulgado pelo grupo. A partir de então, foi duplicada para R$ 500 mil e, por último, será de R$ 1 milhão. Até agora, a arrecadação já soma mais de R$ 270 mil.

As organizações afirmam que a violência contra minorias já aumentou durante a campanha e após a eleição do capitão reformado.

Campo obrigatório