Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Carnaval de SP terá troca de 23 de Maio por avenida Tiradentes em 2019

Decisão foi tomada por recomendação do Ministério Público, uma vez que a via não tem rota de fuga

Carnaval de SP terá troca de 23 de Maio por avenida Tiradentes em 2019
Notícias ao Minuto Brasil

14:42 - 08/12/18 por Folhapress

Brasil decisão

A gestão Bruno Covas (PSDB) vai incluir as avenidas Tiradentes (centro) e Marquês de São Vicente (zona oeste) no roteiro do Carnaval paulistano, substituindo a avenida 23 de Maio.

Grande novidade do último ano, sob João Doria (PSDB), a festa na 23 de Maio foi retirada dos planos para o próximo Carnaval por recomendação do Ministério Público, uma vez que não tem rota de fuga.

+ Acidente por ultrapassagem indevida na BR-222 deixa 12 feridos

A informação foi revelada pelo jornal O Estado de S. Paulo e confirmada pela Folha de S.Paulo.

A avenida Tiradentes contará com o bloco da cantora Claudia Leitte. O outro grande corredor que estreia na folia da capital, avenida Marquês de São Vicente, ainda não tem programação definida.

Outra mudança será o fim dos palcos fixos, que no ano passado foram em Itaquera (zona leste), Pirituba (zona norte), Largo da Batata (zona oeste) e Anhangabaú (centro). O número de desfiles em 2019 deve saltar de 449 para 737.

A avenida 23 de maio entrou no roteiro do Carnaval paulistano em 2018. Na ocasião, Doria afirmou que testaria esse local para se tornar um circuito comercial carnavalesco similar ao de Salvador (BA). A novidade também foi anunciada como solução para evitar tumulto em bairros residenciais.

O evento reuniu mais de 6 milhões de pessoas, segundo estimativa da prefeitura, mas também recebeu críticas, com a falta de rotas de fuga, tumultos, falha no acesso de ambulâncias, e incômodo a hospitais instalados na região -este último uma das motivações para a mudança sugerida pelo Ministério Público.

O entorno da avenida tem ao menos seis grandes centros médicos. Com janelas voltadas para a 23 de Maio, o Beneficência Portuguesa, na rua Maestro Cardim, foi um dos mais afetados.

Ainda assim Doria defendeu os resultados e a manutenção da avenida 23 de maio do circuito dos megablocos na folia paulistana. "Aqui em Salvador, o Carnaval passa na frente dos hospitais. No Rio também. As pessoas têm que compreender. Faz parte da novidade", afirmou Doria na época durante o Carnaval na Bahia. Ele ainda destacou que a festa terminou às 20h. "É um horário que não perturba ninguém". Com informações da Folhapress. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório