Meteorologia

  • 12 NOVEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Capital de SP não consegue reduzir número de mortes no trânsito em 2018

Diminuição de óbitos na cidade que já foi de 14% ao ano; em 2018, foi de 0,1%

Capital de SP não consegue reduzir número de mortes no trânsito em 2018
Notícias ao Minuto Brasil

15:17 - 21/01/19 por Folhapress

Brasil Trânsito

A cidade de São Paulo registrou, em 2018, 884 mortes em seu trânsito. O número representa apenas uma morte a menos do que em 2017, o que para fins estatísticos, significa a estagnação da redução de mortalidade por esta causa na cidade. 

Para se ter uma ideia, em 2016, a cidade havia conseguido reduzir 14% das mortes no trânsito, na comparação com o ano anterior. Entre as justificativas apontadas por especialistas estão desde a crise econômica, que reduz o número de viagens feitas na cidade, a políticas públicas que visam a segurança viária, como a redução de velocidades máximas em avenidas. 

+ Saúde estima que 1.900 médicos cubanos ficaram no Brasil

No ano de 2017, a redução foi de 9%. Em 2018, a redução foi de apenas 0,1%. A prefeitura de São Paulo tem uma meta de reduzir o número de mortes até o término da atual gestão, em 2020. 

Os dados são do Infosiga, gerenciado pelo governo do estado. A contagem das mortes é diferente da feita pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), vinculada à prefeitura. Entre as diferenças de metodologia, está o tempo que a análise aguarda para saber se uma vítima de trânsito morreu após ser hospitalizada.

Na capital paulista, a maior variação nas mortes foi o aumento de vítimas que estavam se locomovendo de motocicletas. Em 2017, foram 305 mortes neste modal. Em 2018, foram 360, num aumento de 18%. Com informações da Folhapress.

Campo obrigatório