Meteorologia

  • 16 ABRIL 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Gian e Giovani fazem homenagem a João Mineiro e Marciano e planejam inéditas

O DVD "Gian e Giovani cantam João Mineiro e Marciano" é o primeiro da dupla desde que retomou a parceria, em 2018, após quatro anos separada devido a um AVC (acidente vascular cerebral) sofrido por Gian

Gian e Giovani fazem homenagem a João Mineiro e Marciano e planejam inéditas
Notícias ao Minuto Brasil

13:35 - 26/03/21 por Folhapress

Cultura GIAN-GIOVANI

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A ausência de shows e as restrições sociais causadas pela pandemia não impediram que Gian e Giovani continuassem na ativa. A dupla teve um boom em suas redes sociais e gravou um DVD pra lá de especial, o primeiro desde o retorno da parceria dos irmãos e em homenageia a uma de suas inspirações.

O novo trabalho ganha o nome "Gian e Giovani cantam João Mineiro e Marciano" e será lançado em agosto, contando com 30 músicas.

A dupla sertaneja João Mineiro e Marciano surgiu nos anos 1970, que ficou popular na década seguinte, ganhando até programa nas manhãs de domingo no SBT.

Nesta época, Gian e Giovani começavam a carreira e cantavam as músicas dos ídolos em bares. "Eles eram um sucesso muito grande como se fosse hoje o Jorge e Mateus", compara Gian, que revela ainda ter um pendrive com quase todas as músicas da dupla, trilha sonora das turnês dele com o irmão.

João Mineiro e Marciano se separaram na década de 1990 e morreram de causas naturais já nos anos 2010. Gian e Giovani, além de se inspirarem em seus trabalhos, aproveitam o DVD -cuja ideia nasceu a partir do projeto de uma live de homenagem- para contar um pouco da história dos ídolos.

O álbum, que inclui os maiores sucessos da dupla segundo avaliação de Gian e Giovani, foi gravado na casa de shows Oasis Eventos, em São Carlos, interior de SP, em novembro do ano passado. Houve plateia, mas, segundo eles, seguindo os protocolos sanitárias impostos pela pandemia do coronavírus.

O DVD "Gian e Giovani cantam João Mineiro e Marciano" é o primeiro da dupla desde que retomou a parceria, em 2018, após quatro anos separada devido a um AVC (acidente vascular cerebral) sofrido por Gian -ao todo os irmãos já têm outros 20 álbuns e DVDs juntos, lançados desde a década de 1980.

Esse novo DVD será dividido também em cinco EPs, com lançamento de uma canção por semana nas plataformas digitais até julho. O EP1 foi lançado no dia 5 de março, com as músicas "Amor Clandestino" (1990), "Cama Dividida" (1991), "No Mesmo Lugar" (1986) e Viola Chorando (1990).

"O trabalho está em uma crescente porque todo mundo gostou da ideia de fazer uma homenagem a dois artistas tão importante, e as músicas estão no inconsciente coletivo das pessoas. A maioria está curiosa para saber como ficou", afirma Giovani.

Nascidos em Franca, no interior paulista, Gian e Giovani começaram a cantar ainda na infância, tentando fazer igual ao pai e ao tio, que tocavam. Chegaram a pensar em desistir após perderem um festival quanto tinha 13 e 10 anos, mas acabaram reconsiderando após um elogio importante.

Segundo eles, um homem que passava pelo local perguntou ao pai dos irmãos o motivo do choro. Após ouvir a explicação, disse para não desistirem porque cantavam muito bem. "Foi o pai do Chitãozinho e REDES SOCIAIS

Apesar de ainda aguardarem o lançamento do novo DVD, Gian e Giovani já planejam um trabalho com músicas inéditas para o final deste ano ou para o início de 2022. Segundo Giovani, durante a gravação do DVD com músicas de João Mineiro e Marciano, a plateia pedia para eles tocarem suas músicas.

Eles até cederam aos fãs ao término da gravação, apesar de não constar no DVD que será lançado em agosto. "A gente percebe que as músicas de João Mineiro e Marciano atravessaram o tempo, mas viu que o pessoal tem muita vontade de ver um novo DVD [da dupla]", afirma Giovani.

Em paralelo ao projeto do DVD, os irmãos lançaram a música "Já Disse que Te Amo Hoje?", uma composição de Tiago Marcel, nas plataformas digitais, em dezembro do ano passado. Gian fala que pretendem divulgar mais músicas inéditas ainda neste ano nos serviços de streaming de músicas.

Enquanto não podem retomar os shows, os irmãos têm dedicado parte do tempo à montagem de um repertório que poderá integrar o projeto de canções inéditas. Além disso, a dupla se diz empolgada com as possibilidades que eles encontraram com a internet durante a pandemia.

Giovani avalia que a dupla cresceu muito na internet nesta fase de isolamento social, tendo realizado mais de dez lives. Segundo ele, a dupla praticamente não existia no Youtube antes da pandemia e, dentro de um mês, já estava com mais de 70 mil inscritos no canal.

Giovani, que diz ser da época da carteirinha de fã-clubes, diz que as lives foram importantes, mas "não suprem os shows, eles são extremamente importantes". "Quando voltarem os shows, ficaremos sem tirar férias pelos próximos dez anos", diz Gian. "Já paramos o suficiente", completa Giovani.

Financeiramente, a dupla diz que nenhum artista estava preparado para passar tanto tempo sem apresentações. Giovani afirma que as lives ajudaram a pagar a equipe e a manter a ajudar a instituições que eles apoiam, como o Hospital do Câncer de Barretos, a Santa Casa de Votuporanga, entre outros.

Além da questão financeira, os músicos dizem que a equipe sente falta da rotina da estrada. "Saudade até dos problemas", brinca Gian. "Mas tudo tem seu tempo, e esse tempo está sendo importante para valorizarmos a vida, o quanto é importante o que a gente faz e o que ama", acrescenta Giovani.

Campo obrigatório