Meteorologia

  • 31 MAIO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Dramaturgo Antonio Tarantino, autor de 'A Paz', morre de Covid-19

O escritor morreu sozinho em sua casa em Turim

Dramaturgo Antonio Tarantino, autor de 'A Paz', morre de Covid-19
Notícias ao Minuto Brasil

10:30 - 22/04/20 por Notícias Ao Minuto

Cultura Coronavírus

O dramaturgo italiano Antonio Tarantino, conhecido por textos para teatro como "Stabat Mater" e "A Paz", morreu em Turim, aos 82 anos, vítima do novo coronavírus, noticiou o jornal italiano La Repubblica.

Conhecido como um dramaturgo rude e desencantado, amado pelas novas gerações, Antonio Tarantino chegou ao teatro em 1993 impondo-se com os textos da coleção "Quatro Atos Profanos".

Para o teatro italiano contemporâneo, tem sido um ponto de referência, um escritor irregular em todos os sentidos, pela sua biografia, pela sua linguagem, pelas suas tramas que deixaram uma marca importante.

Segundo noticia o La Repubblica, Antonio Tarantino morreu em Turim, atingido pelo coronavírus. Tinha 82 anos de idade e tinha sofrido um acidente doméstico, foi internado e morreu em isolamento forçado, por causa da emergência sanitária, sozinho, mais ou menos como viveu.

Nascido em Bolzano, em 1938, o dramaturgo começou como pintor autodidata, tendo decidido, já depois dos seus 50 anos e sem saber bem porquê, começar a escrever para teatro.

Os seus primeiros trabalhos "Stabat Mater" e "Paixão Segundo João", remontam ao início dos anos de 1990, foram publicados na coleção Livrinhos de Teatro, dos Artistas Unidos, e ganharam o prêmio Riccione, um importante prêmio de escrita teatral, na Itália. O artista também ganhou muito destaque em toda a Europa. 

Campo obrigatório