Meteorologia

  • 11 JULHO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

'Cosmos' retorna à TV para aproximar público e ciência

Com exibição no canal National Geographic aos sábados, às 22h30, a série tem reprises aos domingos, às 21h

'Cosmos' retorna à TV para aproximar público e ciência
Notícias ao Minuto Brasil

06:15 - 08/06/20 por Folhapress

Cultura SÉRIE-COSMOS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A nova temporada da série de TV "Cosmos", que teve estreia no sábado (6) no canal National Geographic, é uma oportunidade para o público se aproximar da história do conhecimento e dos conceitos científicos –algo necessário em um momento no qual a pandemia do novo coronavírus aumenta a dependência da ciência na busca por soluções.

Em "Cosmos - Mundos Possíveis", o astrofísico norte-americano Neil deGrasse Tyson, apresentador da atração, conta como os seres humanos se tornaram a espécie terrestre capaz de explorar o espaço fora do planeta.

Veja também: Mostra online de León Ferrari sofre da asfixia que guiou seus trabalhos

Para isso, o cientista parte das bases que tornaram a ciência moderna um empreendimento possível, contando a história das primeiras pessoas que ousaram pensar diferente e partiram para a investigação dos fenômenos da natureza.

A série que vemos agora foi idealizada pelo astrofísico norte-americano Carl Sagan (1934-1996), de quem Tyson é um tipo de discípulo. Em 1980, Sagan apresentou a primeira versão do programa, "Cosmos - Uma Viagem Pessoal".

A paixão com que Sagan falava e explicava a ciência tornou o programa um sucesso atemporal e motivou jovens a seguirem uma carreira científica –Tyson entre eles.

Em 2014, o programa retornou à TV com o nome "Cosmos - Uma Odisseia no Espaço-Tempo", sob comando de Tyson. Essa foi uma versão atualizada do que Sagan apresentou nos anos 1980, com novos efeitos especiais e aprimoração técnica, mas o programa repassou os principais pontos abordados na edição de 1980.

Com a nova leva de episódios, "Cosmos" parece engatar no que pode virar uma série com temporadas que se complementam, sem perder o DNA injetado por Sagan. Isso acontece em parte porque a atração tem roteiro escrito por Ann Druyan, viúva de Sagan que trabalhou com o companheiro na primeira versão da série e no filme de ficção "Contato" (1997), baseado em um livro do astrofísico.

O catálogo de personagens da história da ciência se amplia, com personalidades diferentes que ganham mais destaque em "Mundos Possíveis". É o caso de Christiaan Huygens, cientista holandês que usou seus estudos sobre a luz para aperfeiçoar os telescópios e melhorar seu uso para a observação de corpos celestes.

Huygens agora recebe mais tempo e tem sua vida e obra expostas de maneira didática no programa, como acontece com outros cientistas ao longo da temporada.O visual refinado da série lembra ainda mais uma obra ficção científica do que as edições anteriores. E não poderia ser diferente em um programa que pretende mostrar as possibilidades para o futuro.Mas a ambientação não acontece só com os efeitos especiais. A trilha sonora tem música tema composta por Alan Silvestri, criador das trilhas sonoras dos filmes da trilogia "De Volta para O Futuro" (1985-1990) e "Vingadores" (2012).

Durante a temporada, que conta com 13 episódios, Tyson guia o espectador por temas como o futuro das viagens espaciais tripuladas e a busca por vida extraterrestre.Há um equilíbrio entre visões otimistas e pessimistas nas falas de Tyson, alinhados com a realidade que a ciência mostra. Mas na nova temporada o apresentador acrescenta um peso maior aos efeitos do antropoceno, a era geológica mais recente, marcada pela ação dos seres humanos para moldar a paisagem e o destino do planeta, e que pode ter sérias consequências sobre a vida na terra.

A série tem um episódio dedicado ao assunto, mas já no início da temporada, Tyson lembra que o risco de uma extinção em massa causada pelos humanos é alto. "O que acontece conosco como espécie que onde vamos levamos a morte?", questiona o apresentador.Com exibição no canal National Geographic aos sábados, às 22h30, a série tem reprises aos domingos, às 21h.

COSMOS - MUNDOS POSSÍVEIS

Quando: Sáb, às 22h30; dom., às 21h

Onde: National Geographic

Elenco: Neil deGrasse Tyson

Campo obrigatório