Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Pessoas calçam sapatos de outras em exposição sobre 'empatia'

'Caminhando em seus sapatos' busca promover a capacidade de olhar o mundo com os olhos de outras pessoas

Pessoas calçam sapatos de outras em exposição sobre 'empatia'
Notícias ao Minuto Brasil

16:19 - 20/11/17 por Folhapress

Cultura São Paulo

Nova atração no parque do Ibirapuera, o Museu da Empatia inaugura a exposição "Caminhando em seus sapatos", a fim de desenvolver a capacidade de olhar o mundo com os olhos de outras pessoas.

O nome da mostra é uma adaptação da versão inglesa da expressão "A Mile in My Shoes", provérbio indígena, que traduzido remete ao não julgamento de alguém até você ter caminhado uma milha em seus sapatos.

+ Anitta lança clipe de 'Downtown', gravado em Nova York

"O ditado foi levado ao pé da letra", explica Andréa Buoro, diretora do Intermuseus, que trouxe a proposta do Museu da Empatia de Londres para São Paulo.

Quem visitar o contêiner, que se assemelha à uma caixa de sapato gigante, poderá andar por dez minutos com sapatos de uma das pessoas que cederam histórias de suas vidas ao mesmo tempo que ouve suas histórias.

O objetivo do projeto é promover, como o próprio nome já diz, a empatia entre as pessoas. A diretora diz que as histórias foram escolhidas a partir da vontade de promover a diversidade social.

Por isso, a grande caixa de sapatos conta com 25 histórias de pessoas que tratam de assuntos variados como gordofobia, refugiados, adoção, entre outros.

Depois de uma ida à exposição, infelizmente, a empatia entre todos não será decretada. Porém, a Andrea afirma que a experiência propõe a compreensão de um tema que muitos não têm proximidade.

"Se você já se colocou no lugar de um grupo que lida com essa tema e consegue, pelo menos ouvir, na próxima vez que estiver em uma conversa ou assistindo alguma coisa sobre esse tema, já tem uma referência diferente a respeito disso."

Buoro afirma que a que mais a marcou foi a história de um pai de uma jovem transexual, sobre o sofrimento e aceitação que passou com o filho durante toda a vida deste até ele se definir trans. Durante a sua fala, ele dialoga sobre a liberdade e amor. Com informações da Folhapress.

MUSEU DA EMPATIA - Caminhando em seus sapatos...

QUANDO até 17 de dezembro de 2017; de ter. a sex., das 10h às 19h, sáb. e dom., das 11h às 20h

ONDE Parque do Ibirapuera - Praça das Bandeiras (área externa do pavilhão da Fundação Bienal de São Paulo), acesso pelo Portão 3

QUANTO entrada grátis

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório