Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Coprodução brasileira estreia no Festival de Berlim

Elogiado pela crítica, "As Herdeiras" é ambientado no Paraguai

Coprodução brasileira estreia no Festival de Berlim
Notícias ao Minuto Brasil

16:30 - 16/02/18 por Ansa

Cultura Cinema

O filme "As Herdeiras", uma coprodução de diversos países, dentre eles Brasil e Paraguai, estreou nesta sexta-feira (16) no Festival de Berlim. O longa-metragem concorre ao "Urso de Ouro" - principal prêmio da mostra.   

+Brasil bem representado no Festival de Berlim; veja lista de filmes

Sob direção do paraguaio Marcelo Martinessi, "As Herdeiras" conta a história de Chela e Chiquita, herdeiras de famílias ricas do Paraguai que vivem confortavelmente com esse dinheiro até a velhice - momento em que começam a ficar com muitas dívidas. Então Chela encontra outra maneira de juntar renda: através de um serviço de táxi para a alta sociedade.   

Sucesso de crítica, o filme foi exibido nesta sexta, às 15h30, pelo horário local de Berlim, e será mostrado novamente no sábado (17), às 9h30, às 13h e às 20h.   

Essa não é a única produção brasileira no festival. Participam também os curta-metragens "Terremoto santo", "Alma bandida" e "Russa". E, na categoria "Berlinale Special", haverá a exibição do longa-metragem do diretor José Padilha "Operação Entebbe". O festival Panorama, que acontece na mesma cidade, também receberá produções do Brasil. São elas: "Tinta bruta", "Bixa travesty", "O Processo", e "Ex-Pajé". Com informações da Ansa. 

Campo obrigatório