Meteorologia

  • 27 JUNHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Após 'Despacito', Luis Fonsi estreia no país com shows em três capitais

Autor de uma dos maiores hits de 2017 se apresenta no Rio, em São Paulo e em Curitiba

Após 'Despacito', Luis Fonsi estreia no país com shows em três capitais
Notícias ao Minuto Brasil

09:15 - 29/04/18 por Folhapress

Cultura turnê

Muitos não conhecem sua cara, mas certamente já ouviram sua voz e ao fim deste parágrafo estarão cantando como ele. Com o hit "Despacito", o porto-riquenho Luis Fonsi, 40, liderou as paradas em 47 países. O single foi o segundo com mais downloads e reproduções em streaming no ano de 2017.

A canção original e sua versão com o astro canadense Justin Bieber foram tocadas mais de 7,5 bilhões de vezes em plataformas digitais até abril deste ano. No saldo do ano passado, só ficaram atrás de "Shape of You", do britânico Ed Sheeran, nº 1 no mundo.

O sucesso impulsiona a turnê "Love & Dance", que chega ao Brasil já em sua reta final, com shows em São Paulo, na sexta-feira (4/5), em Curitiba, no sábado (5/5), no Rio de Janeiro, no domingo (6/5).

Fonsi construiu uma carreira de duas décadas escorado em baladas românticas, mas só explodiu globalmente quando se rendeu à mistura de reggaeton e pop que gerou "Despacito", fórmula que pretende continuar explorando.

+ Rihanna está gravando álbum duplo, diz site

"É definitivamente diferente em termos de estilo [do que suas outras canções]; talvez isso fosse o que eu precisava ter feito antes, mas agora me pareceu o momento certo, e fui muito abençoado por o mundo ter aberto suas portas para mim e para a música latina no geral", diz Fonsi à reportagem.

Um fenômeno como este geralmente não está completamente alheio nem rendido à sorte. Jesús López, CEO da Universal na América Latina e na Península Ibérica, diz que a gravadora trabalhou a faixa por um ano antes que ela fosse lançada, em janeiro de 2017.

"Escolhemos o produtor, batemos na porta de Daddy Yankee [ícone do reggaeton, que participa da faixa], filmamos o vídeo e nos certificamos de que ele fosse o primeiro single latino a ser lançado em 2017", disse López no Global Music Report 2018, divulgado na terça (24).

O levantamento da Federação Internacional da Indústria Fonográfica, principal mapeamento do setor, salienta "Despacito" como o grande case de sucesso de globalização de uma música regional.

O executivo também destaca a rapidez para incorporar o remix de Bieber à campanha: a versão teria sido gravada em uma terça e divulgada no domingo da mesma semana.

Menos de um ano depois do lançamento de "Despacito", o porto-riquenho estava novamente nas paradas de 14 países -desta vez, com "Échame la Culpa", dueto festivo com a cantora Demi Lovato, que canta trechos em espanhol.

"Venho trabalhando muito nos últimos 20 anos, não é como se eu não estivesse dando duro antes", diz o cantor. "A música mudou e o modo como a consomem é diferente, você pode lançar uma canção hoje e amanhã o mundo inteiro pode ouvi-la."

Fonsi reconhece que abarcou uma abordagem mais rítmica, mas garante que ainda mantém o mesmo romantismo pelo qual era conhecido.

"Lá atrás, se eu fizesse uma canção rítmica, as rádios não a tocariam, eu tinha que surgir com uma balada", afirma. "E agora é o contrário. Rádios não querem mais baladas, querem músicas dançantes."

Chega a ser sintomático que seus dois maiores hits, cantados em espanhol, tenham explodido nos Estados Unidos em meio a debates sobre a presença de imigrantes no país.

Para o cantor, a explicação é simples: "Acho que as pessoas apenas precisam dançar."

"As pessoas precisam de felicidade em suas vidas, de uma desculpa para fugir seja da tensão política, da situação econômica que todos os países estão enfrentando ou de uma situação pessoal", diz.

Nas falas de Fonsi, transparece seu desejo de agradar ao público, seguindo as tendências do momento e, quem sabe, bater o próprio recorde.

"Apenas acho que se trata de andar adiante, não sei o que irá acontecer daqui a cinco anos, e é quase como se eu não quisesse saber", afirma. "Quero ver as voltas que o mundo dará, o que as pessoas vão querer ouvir e então vou dar meus próprios toques e esperar que elas gostem."

Com informações da Folhapress.

LUIS FONSI - LOVE & DANCE TOUR

QUANDO/ONDE Sex. (4/5), às 20h30 (abertura), no Espaço das Américas, r. Tagipuru, 795, São Paulo.

Sáb. (5/5), às 20h, no Live Curitiba, r. Itajubá, 143, Curitiba.

Dom. (6/5), às 18h, no Viva Rio, av. Infante Dom Henrique, 85, Rio de Janeiro.

QUANTO De R$ 60 a R$ 330 nas bilheterias ou em ticket360.com.br; diskingressos.com.br e eventim.com.br.

16 anos (menores com os responsáveis); 18 anos (Rio).

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório