Meteorologia

  • 21 ABRIL 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Filmes brasileiros produzidos no ano de 1968 entram em cartaz

Sessões serão no Itaú Cultural de São Paulo nos dias 1º, 8 e 22 de maio

Filmes brasileiros produzidos no ano de 1968 entram em cartaz
Notícias ao Minuto Brasil

16:43 - 29/04/18 por Notícias Ao Minuto

Cultura cinema

O ciclo de cinema Nas Telas de 1968, com filmes populares e de produção marginal que vão de Andrea Tonacci e Rogério Sganzerla a José Mojica Marins, Ozualdo Candeias, Luís Sérgio Person e, ainda, Roberto Carlos pela câmera de Roberto Farias, será apresentado pelo Itaú Cultural de São Paulo nos dias 1º, 8 e 22 de maio.

O ciclo é realizado 50 anos depois de um dos anos mais revolucionários e conturbados do século 20 – 1968 – marcado por transformações culturais e sociais. A seleção de filmes inclui produções brasileiras vistas pelos espectadores nos cinemas do país num período que marcou o ano de 1968, no seu contexto histórico e político e por sua relevância no mercado cinematográfico brasileiro.

+ Kleber Mendonça Filho começa a rodar novo filme

Um dos filmes que estarão em exibição está o curta-metragem Bla Bla Bla, de Andrea Tonacci, sobre o pronunciamento de um ditador em meio a uma crise institucional, que lhe escapa do controle.

Será projetado também o longa-metragem O Bandido da Luz Vermelha, de Rogério Sganzerla, baseado na história real do assaltante Paulo Villaça que roubava casas luxuosas de São Paulo. A Trilogia do Terror, de José Mojica Marins, Ozualdo Candeias e Luís Sérgio Person, e Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, de Roberto Farias, também estarão em cartaz.

Durante o ciclo de cinema, de 2 a 4 de maio (quarta-feira a sexta-feira), será realizado o curso O Cinema brasileiro nos anos entre 1967-1974”, com o filósofo e professor da história do cinema Mateus Araújo. A entrada é gratuita. Com informações da Agência Brasil. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório