Meteorologia

  • 19 JUNHO 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

IZA reclama de comparações: 'um saco'

Artista diz que comandar Música Boa fortalece a representatividade

IZA reclama de comparações: 'um saco'
Notícias ao Minuto Brasil

20:57 - 05/06/18 por Folhapress

Cultura TV

CRIS VERONEZ  - Há poucas horas de estrear como apresentadora do Música Boa ao Vivo (Multishow), IZA afirmou que não imaginava que cantaria ao lado de Maria Rita, Thiaguinho e Zeca Pagodinho tão cedo em sua carreira.

"Hoje o meu maior desafio é não me emocionar no palco e fingir costume perto deles", disse a cantora, já com a voz embargada. A cantora de 27 anos diz que poder cantar olho no olho com eles e com outras artistas é um presente muito grande.

"Não achei que esses encontros fossem acontecer agora." A dona do hit Pesadão assume o comando da quinta temporada do programa, que vai ar às terças-feiras, às 20h30, e a cada episódio um novo time de convidados. 

IZA, que apresentou dois episódios do TVZ, da mesma emissora, afirmou que não tem medo de ser comparada a antigos apresentadores do "Música Boa ao Vivo", como Anitta, por exemplo.

+ Pitty lança clipe com Tássia Reis e Emmily Barreto; veja 'Contramão'

"Acho que a mídia já tende a comparar o tempo inteiro, principalmente no caso de mulheres. E isso é um saco. Tanto para mim como para qualquer outra cantora. A gente se respeita e se admira. Estamos muito mais preocupadas com o nosso trabalho e em abrir portas para outras meninas que com o que vão falar de nós."

O cantor Thiaguinho, que agora é convidado da atração, foi apresentador das duas primeiras temporadas (2014-2015). "Falei para ele: irmão, você me ajuda pelo amor de Deus. Aí ele me disse para ficar tranquila e que isso aqui é para eu me divertir."

Nascida e criada em Olaria, no subúrbio carioca, IZA estourou em 2016, e garante que tem se dedicado muito ao trabalho. Ela atribui o sucesso atual ao seu grande esforço. "Tenho trabalhado tanto. Por mais que tenha dois anos de estrada, é tanta dedicação... Passei por muita coisa para realmente poder me dedicar 100% à música."

Feliz com a oportunidade de poder explorar sua faceta de apresentadora, a artista acredita que comandar um programa de televisão vai ajudar a encontrar novos lares e a trocar ideia com outras pessoas. Para IZA, o programa fortalece a representatividade, já que ela é a primeira mulher negra a apresentá-lo.

"Quando era mais nova, eu não me via na TV, nos brinquedos que eu comprava, nos desenhos animados, e em lugar quase nenhum. Achava que tinha algo errado comigo ou que aquele lugar não era para mim. [...] A partir do momento que tem uma menina negra de Olaria apresentando algo em um canal de muita audiência, vários meninos e meninas vão se sentir representados e entender que nosso lugar é onde queremos estar."

Apesar de ter uma carreira ainda relativamente curta, a cantora não tem dúvidas de que a música é realmente a sua maior paixão.

"Sonho em poder cantar para o resto da minha vida. Tenho que me cuidar. A gente dorme pouco, come pouco... É complicado. Sonho vencer todas essas adversidades e poder cantar até meu corpo não aguentar mais."Questionada sobre o patamar ao qual deseja chegar um dia, IZA diz que prefere dar um passo de cada vez, e que a próxima etapa vai ser viajar o país divulgando seu álbum, "Dona de Mim", lançado em abril deste ano. "Como o Zeca Pagodinho diz, estou deixando a vida me levar." Com informações da Folhapress. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório