Meteorologia

  • 20 MARçO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

NY planeja 2019 'monumental' com exposições e novos museus

Entre os destaques, está a ampliação do MoMA e uma mostra dedicada a Harry Potter

NY planeja 2019 'monumental' com exposições e novos museus
Notícias ao Minuto Brasil

18:27 - 20/06/18 por Folhapress

Cultura estados unidos

Um ano monumental. É isso que Nova York espera de 2019, quando serão inaugurados museus, mostras e uma série de eventos com o intuito de atrair cada vez mais visitantes para a cidade, destino número um de turistas nos Estados Unidos.

São vários os projetos que estão em desenvolvimento nos cinco distritos da cidade no momento, de acordo com a campanha "2019: Um Ano Monumental", revelada nesta quarta-feira (20) pela NYC & Company, empresa oficial de marketing da cidade.

Neste ano, a estimativa é que 65,1 milhões de turistas passem pela cidade.

Para aumentar esse número, Nova York pretende usar a seu favor um de seus maiores ativos: a fama de ser progressista em um país que possui muitos rincões conservadores.

Essa disposição está refletida na campanha "Ano de Orgulho". Serão diversos eventos dedicados à população LGBTQ, entre eles a comemoração do aniversário de 50 anos da rebelião de Stonewall, que deu origem ao movimento de luta pelos direitos gays no país.

A cidade também receberá, pela primeira vez, a WorldPride, parada mundial de orgulho LGBTQ.

Na cena cultural, os 90 anos do Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) serão marcados pela conclusão de uma obra que deve ampliar em 30% o espaço para as exposições de arte.

Haverá ainda mostras para todos os gostos. Uma das mais concorridas deve ser a do bruxinho Harry Potter, que estará aberta entre 5 de outubro deste ano e 27 de janeiro de 2019, no museu New-York Historical Society, e terá desenhos, livros e manuscritos do universo criado por J.K. Rowling.

Já a produção do artista Andy Warhol durante suas quatro décadas de carreira ficará exposta no museu Whitney entre novembro e março de 2019.

+ Venda de ingressos para a Flip 2018 começa na próxima terça-feira

A Estátua da Liberdade, um dos pontos turísticos mais populares da cidade, também ganhará um museu, com inauguração marcada para maio do próximo ano. O novo espaço terá vista para o monumento e contará sua história e o que ele representa para os EUA.

Fãs de esporte também foram lembrados. A cidade sediará a 35ª edição do Wrestlemania, principal evento de luta livre do mundo.

Em Manhattan, o ano de 2019 terá a inauguração do Hudson Yards, já considerado o maior empreendimento imobiliário privado do país. Trata-se de um grande espaço comercial e residencial com restaurantes, terraços, área verde e o centro cultural The Shed, que receberá performances artísticas.

O local abrigará ainda o maior deque de observação de Nova York, com quase 400 metros de altura.

Já em Staten Island, será inaugurado em novembro do ano que vem um novo destino de compras baratas, o Empire Outlet, com marcas como H&M, Gap, Nike e Polo.

No local, os turistas também poderão tomar café no Blue Box, da joalheria Tiffany, com decoração no famoso azul da marca.

Para receber todo o público esperado, até 2020 a cidade terá um total de 138 mil quartos de hotéis - em 2017, eram 116,5 mil -, com a abertura de novos hotéis.

Um deles, o Collective Governors Island, traz a proposta curiosa de servir como um acampamento de luxo em Governors Island, perto da parte baixa de Manhattan.

Os quatro aeroportos da cidade, entre eles o internacional JFK, também estão passando por obras de infraestrutura em seus terminais para atender aos novos visitantes.

Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório