Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

'Sempre há uma boa razão para retornar ao Brasil', diz Andrea Bocelli

Tenor apresenta sucessos da carreira neste sábado, em SP

'Sempre há uma boa razão para retornar ao Brasil', diz Andrea Bocelli
Notícias ao Minuto Brasil

22:15 - 28/09/18 por Folhapress

Cultura Em turnê pelo país

Em turnê pelo Brasil, o tenor italiano Andrea Bocelli, 60, fala sobre sua relação com o país e o lançamento de um novo disco, após uma pausa de 14 anos.

"Tenho um público muito afetuoso no Brasil e me recordo bem das passagens que tive aqui", disse o músico. "Sempre há uma boa razão para voltar ao Brasil e eu espero retornar no futuro também."

Depois de passar por Porto Alegre e Brasília, Bocelli fecha a turnê brasileira se apresentando neste sábado e domingo (29 e 30) no Allianz Parque, em São Paulo, acompanhado pela Orquestra Juvenil Heliópolis. Boa parte do repertório faz parte do álbum "Romanza", lançado há 20 anos e responsável por revelar o artista no cenário musical.

Na apresentação do último domingo (23) em Porto Alegre, um dia após seu aniversário de 60 anos, ele comemorou a data em cima dos palcos e embaixo da chuva. "Isso tudo é um presente pelos meus 60 anos", disse na ocasião.

"O estádio era aberto e de repente começou a chover. O concerto começou com muita água e todas as pessoas ficaram lá. Acho que, para as pessoas ficarem, elas devem gostam muito. Eu por exemplo, teria saído", brincou ao lembrar do evento.

"Espero que com o publico de São Paulo não aconteça a mesma coisa que aconteceu em Porto Alegre, e que haja uma boa atmosfera climática. Darei o melhor de mim. Espero que todos gostem", concluiu.

Bocelli costuma convidar artistas locais para cantar duetos com ele, como já fez com Anitta e Sandy. Desta vez, a turnê é acompanhada por Maria Rita. Seu próximo disco, "Sí", que será lançado no dia 26 outubro, também está sendo divulgado nos concertos. Com 16 faixas, o álbum levou três anos para ser produzido e traz mensagens sobre amor, família, fé e esperança.

Dentre as músicas está "If Only", um dueto com Dua Lipa, e "Amo Soltanto", com Ed Sheeran. Há ainda um vocal de Bocelli que faz parte da trilha sonora do novo filme da Disney, "O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos".

Bocelli nasceu com glaucoma congênito, mas acabou passando a ter cegueira total aos 12 anos de idade. O tenor cresceu em uma fazenda da família, a 40 km de Pisa, e já tocava piano, saxofone e outros instrumentos aos seis anos de idade.

Estudou direito mas, após um ano atuando na profissão, resolveu se dedicar inteiramente à música. Hoje, é vencedor de sete BRIT Awards, um Globo de Ouro e tem uma estrela na calçada da fama, em Hollywood. Com mais de 20 anos na cena da ópera, Bocelli já gravou 26 álbuns e nove óperas completas.

Elencado como uma das estrelas atuais da música clássica, já cantou para presidentes, realezas e mesmo para o Papa. Também já se apresentou em eventos como Olimpíadas e Copa do Mundo, e fez duetos com Celine Dion, Ariana Grande e Jennifer Lopez. "Cada um dos artistas traz sempre algo de novo", conta. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório