Meteorologia

  • 15 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Filme brasileiro retrata violência doméstica na perspectiva infantil

Obra está sendo exibida na América Latina

Filme brasileiro retrata violência doméstica na perspectiva infantil
Notícias ao Minuto Brasil

04:20 - 02/10/18 por Notícias Ao Minuto

Cultura 'Miguel'

Com roteiro e direção de Natalia Grecco, o filme "Miguel" tem no elenco a atriz Cris Lopes, que vive a esposa agredida pelo marido. O ator Caue Camargo, seu filho na trama, sofre psicologicamente com a situação de violência dos pais no lar. Miguel tem apenas 10 anos de idade quando vê seu pai agredindo sua mãe. Reprimindo tudo o que sente, ele revive seu cotidiano dentro de sua própria mente, de uma maneira inusitada.

A atriz Cris Lopes está divulgando "Miguel" nos festivais de cinema no Brasil e no exterior, com a exibição do filme abrindo debates com o público, mulheres, homens e jovens, tratando da preservação das crianças que sofrem com os reflexos da violência dos pais e a valorização da mulher. A atriz está, ainda, promovendo a campanha internacional "Mais amor, carinho e respeito com Nossas Mulheres".

+ Usuário poderá escolher final em nova temporada de ‘Black Mirror’

Em setembro, Cris participou da exibição do filme em parceria com a produtora cultural Carmelita Gomes, no Festival de Cinema Curta Canedo 2018 em Goiás, o segundo estado brasileiro com maior registro de casos de violência no país. O debate contou com presença de mais de 20 líderes femininas goianas para tratar do tema "O cinema pelo fim da Violência a Mulher" e também refletir sobre como as crianças são extremamente afetadas com a violência em casa. O festival Curta Canedo homenageou Cris Lopes com prêmio Menção Honrosa como Atriz pelo filme longa.

A próxima exibição do filme "MIguel" com presença da atriz vai acontecer na Argentina, no dia 24 de outubro, no Festival de Cine INUSUAL de Buenos Aires. Foram levantados mais de 80 mil casos de agressões na Argentina que também está tratando do tema da violência.

"Meus pais sempre viveram em harmonia e me ensinaram o equilíbrio, o entendimento através da conversa e amor ao próximo. Meu pai sempre respeitou e admirou minha mãe, que batalhou com ele para dar a melhor educação a mim e meus irmãos. Com este exemplo posso contribuir e ouvir principalmente a comunidade para que humildemente possa orientar nossas mulheres para se valorizarem e identificarem quando um relacionamento não é positivo e pouco saudável e se não há entendimento, pensem e poupem as crianças", afirma a atriz. Confira o trailer.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório