Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Harry Potter comemora 20 anos com exposição em Nova York

Aniversário de lançamento do 1º livro ganha mostra em museu

Harry Potter comemora 20 anos com exposição em Nova York
Notícias ao Minuto Brasil

09:18 - 05/10/18 por ANSA

Cultura COMEMORAÇÃO

Há 20 anos do lançamento do primeiro livro da saga Harry Potter, o museu Historical Society, de Nova York, inaugura nesta sexta-feira (5) uma exposição em homenagem à obra, chamada "Harry Potter: A History of Magic". A mostra vai até 27 de janeiro de 2019.

+ Netflix anuncia filmes e séries baseados em 'As Crônicas de Nárnia'

Inicialmente idealizada na Biblioteca Nacional do Reino Unido, onde foi exposta no ano passado, a mostra é dividida em sete seções organizadas de uma maneira que leva os visitantes a viajarem no mundo de Hogwarts, a escola de magia e bruxaria frequentada por Harry. À exposição foram adicionadas peças americanas.

A viagem inicia com a ideia na cabeça da autora da obra, J.K. Rowling. Foi em junho de 1990, quando Rowling, sentada no trem que ia de Manchester a Londres, começou a imaginar o personagem de Harry Potter, o bruxo de cabelos pretos, óculos ovais e uma cicatriz em forma de raio na testa.

Assim, oito anos depois, alguns rabiscos numa folha de papel tomaram forma e se tornaram "Harry Potter e a Pedra Filosofal", o primeiro livro da saga. E daquilo que parecia uma obra para crianças, virou um fenômeno mundial, mudando para sempre a vida da autora.

Na mostra, livros raros, manuscritos e objetos mágicos da coleção britânica, além de um material proveniente dos arquivos de Rowling. Além da exposição, o museu organizou uma série de eventos colaterais, como laboratórios artísticos, clubes do livro e cursos de escrita.

"Vinte anos depois, Harry Potter ainda é um fenômeno internacional e continua a crescer. Todos no mundo amam ler, e essa mostra não só reconhece e celebra o sucesso de Rowling, mas explora a história por detrás da magia", disse à ANSA Alexander Lock, um dos curadores britânicos da exposição, junto com Julian Harrison, Tanya Kirk e Joanna Norledge. Já a realização nova-iorquina ficou sob curadoria de Margi Hofer e Cristian Petru Panaite. Com informações da Ansa.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório