Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Roger Waters exibe #EleNão em telão e é hostilizado durante show em SP

Waters foi xingado de "lixo" e "filho da puta" e ouviu "vai tomar no cu"

Roger Waters exibe #EleNão em telão e é hostilizado durante show em SP
Notícias ao Minuto Brasil

07:04 - 10/10/18 por Notícias Ao Minuto

Cultura ativista

Ex-líder do Pink Floyd, o artista Roger Waters foi vaiado e xingado durante show realizado no estádio Allianz Parque, nesta terça-feira (9), em São Paulo. Por volta das 23h30, o músico exibiu a hashtag #EleNão no telão, falou palavras de ordem contra o fascismo e mostrou governos autoritários espalhados pelo mundo.

+ Quatro textos inéditos de Gabriel García Márquez são descobertos

Conhecido por seu engajamento político na vida e em suas atuações, Waters colocou o Brasil na lista dos países sob ameaça do fascismo, juntamente com EUA, sob governo Trump, França, com a política Le Pen, e o político britânico Nigel Farage. Ao terminar a canção, Waters foi xingado de "lixo" e "filho da puta" e ouviu "vai tomar no cu". Visivelmente constrangido, o artista ficou cinco minutos paralizado, segundo o jornal Folha de S. Paulo. Depois, engatou um discurso dizendo que não é possível que um político apoie o regime militar e as vaias e xingamentos redobraram. Ainda segundo o jornal, parecendo recuar, Roger Waters chegou a dizer que não sabe exatamente o que acontece no país.

Ao engatar a canção "Mother", outra música de cunho político e anti-fascismo, o artista voltou a exibir #EleNão no telão e os xingamentos triplicaram, mas a música foi maior do que a gritaria.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório