Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

'The Affair' volta mais intrincada do que nunca na 4ª temporada

A grande atração dessa leva de episódios segue sendo a maneira complexa e algo psicanalítica como as histórias são exibida

'The Affair' volta mais intrincada do que nunca na 4ª temporada
Notícias ao Minuto Brasil

18:43 - 27/10/18 por Notícias Ao Minuto

Cultura crítica

Uma das séries dramáticas adultas mais aclamadas da TV recente, "The Affair" volta para sua quarta temporada na Netflix, que exibe também as três primeiras. São dez episódios que duram perto de uma hora cada um.

"The Affair" é o primeiro trabalho feito para a TV americana do israelense Hagai Levi, de "Be'Tipul", série adaptada para o mundo inteiro -a mais famosa é "Em Terapia". O canal GNT também fez a sua versão.

Para "The Affair", Levi se juntou a uma roteirista americana, Sarah Treem. Eles mostram como as memórias mudam de acordo com quem conta a história. Os capítulos são divididos em dois, com o ponto de vista de um personagem na primeira metade e de outro na segunda. Os mesmos fatos são mostrados, com pequenas mudanças conforme o protagonista. Essa fórmula segue embasando os episódios na quarta temporada.

+ Estrela de '13 Reasons Why' grava cenas para próximo 'Vingadores'

A história começa com Noah (Dominic West), um professor de literatura casado com Helen (Maura Tierney) e pai de quatro filhos, se apaixonando pela garçonete Alison (Ruth Wilson) durante férias de verão na cidade de Montauk, perto da Nova York. Alison também é casada, com Cole (Joshua Jackson), e tem um grande trauma. Mas os dois ficam juntos, deixam marido e mulher e acabam casados.

Na terceira temporada, a união de Noah e Alison chega ao fim e ele cumpre pena na prisão por um crime que não cometeu. Em liberdade, tenta se livrar de um vício em opioides que o deixa paranoico e desagradável. Sem dinheiro nenhum, vai morar no porão de Helen, causando irritação e ciúme no namorado dela, o médico Vic (Omar Metwally).

Nos capítulos mais recentes há um novo cenário e um novo mistério, que aparece logo na primeira cena: Alison está desaparecida há 72 horas e a polícia vai ser avisada. Além disso, Cole e Noah estão juntos em uma viagem de carro, com um outro passageiro no banco de trás. A história volta seis semanas para descobrirmos o contexto daquela cena improvável.

Helen e Vic se mudam para Los Angeles e vivem numa casa linda com vista para o mar, junto dos filhos mais novos dela. Os mais velhos já estão na faculdade. Mas Helen odeia a Califórnia. Noah também se muda para a Costa Leste na tentativa de se aproximar dos filhos.

Ele volta a lecionar em uma escola de segundo grau, para uma turma desinteressada e pouco gentil. Um aluno negro o intriga, e a diretora da escola pega no seu pé. Mas Noah está feliz. E solteiro.

Alison continua em Montauk, assim como Cole e a mulher dele, Luisa (Catarina Sandino Moreno). O casal está em crise. Nos episódios finais, um dos personagens principais morre e outro tem uma doença gravíssima. Uma quinta -e derradeira- temporada já foi anunciada.

A grande atração dessa leva de episódios segue sendo a maneira complexa e algo psicanalítica como as histórias são exibidas -o espectador nunca sabe se pode acreditar na versão mostrada. Já os personagens se alternam no lugar de vítima e agressor, mocinho e bandido, bom e mau.

Esses novos capítulos são muito superiores aos da terceira temporada, confusa e sem tramas muito atraentes. Parece que os roteiristas voltaram à forma inicial. E nossos adultos complicados continuam a merecer atenção. Com informações da Folhapress. 

Onde: Disponível na Netflix

Avaliação: Muito Bom

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório