Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Ficção científica de Machado de Assis é reunida em edição digital

O livro digital traz ainda um prefácio de Roberto de Sousa Causo, autor e pesquisador de ficção científica

Ficção científica de Machado de Assis é reunida em edição digital
Notícias ao Minuto Brasil

07:00 - 08/01/19 por EVERTON LOPES BATISTA, Folhapress

Cultura LIVRO

Machado de Assis (1839-1908) foi também um dos precursores da ficção científica no Brasil. O registro desse episódio está agora completo em "Sobre a imortalidade de Rui de Leão" (editora Plutão), livro digital lançado no ano passado e que contém as duas versões de uma mesma história, escritas no final do século 19.

+ 'Garota da Água' vira celebridade no Globo de Ouro

Nas duas narrativas, o mesmo personagem, Rui de Leão, encontra um chefe indígena que lhe oferece um elixir ancestral da imortalidade. Produzidas com um intervalo de dez anos, as histórias variam na maneira como o personagem enfrenta a nova e incomum condição.

Em "Rui de Leão", publicado originalmente em 1872 no Jornal das Famílias, o personagem principal recebe a poção preparada por um líder de aldeia segundo a ordem de Tupã - divindade da mitologia indígena brasileira. O narrador machadiano passa então a contar as aventuras de Rui, que vive até se cansar de tudo que o mundo pode oferecer.

Na segunda versão, "O Imortal", publicado pela primeira vez em 1882 na revista A Estação, o narrador é o próprio filho de Rui. O texto mostra o amadurecimento da premissa inventiva de Machado. Em um certo momento, o narrador diz: "A ciência de um século não sabia tudo; outro século vem e passa adiante. Quem sabe, dizia ele consigo, se os homens não descobrirão um dia a imortalidade, e se o elixir científico não será essa mesma droga selvática?"

O autor criou, assim, uma história que refletia seu contexto. As cidades incharam no século 19, as péssimas condições de saneamento nesses novos aglomerados urbanos fez aumentar a proliferação de doenças infecciosas, tornando a longevidade um item de luxo. Ao mesmo tempo, todo o desenvolvimento científico iniciado com a Revolução Industrial chegava a seu auge e dava esperanças de melhorias em áreas como a medicina e a nutrição.

O livro digital traz ainda um prefácio de Roberto de Sousa Causo, autor e pesquisador de ficção científica. No texto, Causo traça um breve panorama do nascimento e desenvolvimento do gênero no país. A obra está disponível para Kindle, Kobo e Android, mas os contos podem também ser lidos separadamente de graça no portal Domínio Público ("Rui de Leão" e "O Imortal").

SOBRE A IMORTALIDADE DE RUI DE LEÃO

AUTOR Machado de Assis

EDITORA Plutão

QUANTO R$ 5,90 (73 págs.)

Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório