Meteorologia

  • 20 AGOSTO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Redução no Fies aumenta a procura por crédito estudantil privado

No mercado privado, o estudante costuma ficar responsável pelo pagamento de metade da mensalidade e, ainda, dos juros durante o curso

Redução no Fies aumenta a procura por crédito estudantil privado
Notícias ao Minuto Brasil

12:45 - 22/11/15 por Notícias Ao Minuto

Economia Universidade

As empresas que concedem financiamento estudantil privado viram a procura por seus servições aumentar na medida em que foram reduzidas

as

ofertas

de incentivos do Fies.

De acordo com a Folha de S. Paulo, em 2014

foram firmados

732 mil contratos do programa federal.

No primeiro semestre de

2015, eram

apenas

253 mil.

A reportagem do jornal apurou que

a

Ideal

Invest, que coordena a linha de crédito "Pravaler", estima que, em 2015,

cresceu seis vezes o

número de alunos cadastrados.

"O Fies conseguiu criar uma consciência de crédito que ajudou o mercado privado", diz o presidente, Carlos Furlan, acrescentando que

"Mesmo num cenário difícil, o aluno busca formas para ficar na faculdade".

No mercado privado, o

estudante costuma ficar responsável pelo pagamento de

metade da mensalidade e, ainda, dos juros durante o curso. O restante é quitado nos anos depois da formatura.

A

Fundacred

tem

a expectativa de um crescimento de

150% em 2016. "Muitas instituições se planejavam contando com o Fies. Elas perceberam que não podem depender do governo", explica ao jornal

Nívio

Delgado, representante da fundação.

Campo obrigatório