Meteorologia

  • 18 JUNHO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Cotação do Dogecoin cai após participação de Elon Musk em programa de TV

O preço do Dogecoin, criptomoeda criada em 2013 como uma piada, subiu para 74 centavos no início de sábado antes da aparição de Musk no programa

Cotação do Dogecoin cai após participação de Elon Musk em programa de TV
Notícias ao Minuto Brasil

12:32 - 09/05/21 por Estadao Conteudo

Economia Dogecoin

O preço do Dogecoin, uma criptomoeda, avançou de 49 para 52 centavos de dólar após a participação do presidente-executivo da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, no programa de televisão americano Saturday Night Live, no sábado, 8.

O preço do Dogecoin, criptomoeda criada em 2013 como uma piada, subiu para 74 centavos no início de sábado antes da aparição de Musk no programa, alimentando a esperança entre os investidores de que ultrapassaria US$ 1 pela primeira vez. O preço oscilou entre 49 centavos e 69 centavos na maior parte da transmissão, de acordo com a CoinDesk.

Quando o programa terminou, o Dogecoin estava sendo negociado em torno de 52 centavos de dólar, colocando seu valor de mercado em cerca de US$ 72 bilhões - maior do que as avaliações da Kraft Heinz, gigante do setor de alimentos. Enquanto isso, o Robinhood, aplicativo de negociação online popular entre os investidores individuais, disse no Twitter durante o programa que estava tendo problemas com a negociação de criptomoedas. Mais tarde, publicou que os problemas haviam sido resolvidos.

Depois de expor os méritos da criptomoeda usando jargões, os membros do elenco do programa Michael Che e Colin Jost pediram repetidamente que o executivo explicasse: "O que é Dogecoin?". Após insistência, Musk respondeu: "Sim, é uma confusão."

A agitação criada em torno do programa desde que Musk foi nomeado apresentador no mês passado sugere que a audiência pode aumentar. O show atraiu uma média de 9,2 milhões de telespectadores por edição em sua 46ª temporada, de acordo com dados da Nielsen. O último apresentador a fazer a audiência disparar de tal forma foi Eddie Murphy, cujo retorno ao show no final de 2019 após 35 anos atraiu um total de 16,3 milhões de espectadores.

Fonte: Dow Jones Newswires

Campo obrigatório