Paraná solicita ao Tesouro aval para pedir empréstimos

Estado espera que o Tesouro dê o aval para uma operação de renegociação de juros em uma dívida que possui com o BNDES

© DR
Economia R$ 1,6 bilhão 20:52 - 18/10/16 POR Folhapress

O Paraná espera que em 30 dias o Tesouro autorize um financiamento de US$ 67 milhões (R$ 213,2 milhões) do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para investimentos em segurança pública, afirmou nesta terça-feira (18) o governador do Estado, Beto Richa (PSDB).

PUB

Segundo Richa, que se reuniu com a secretária do Tesouro, Ana Paula Vescovi, outros empréstimos, como US$ 150 milhões (R$ 477,3 milhões) para a infraestrutura de municípios paranaenses e US$ 300 milhões (R$ 954,7 milhões) para rodovias, também serão avaliados.

Nesses casos, ainda há etapas a serem cumpridas, como aprovação na Comissão de Financiamentos Externos do Ministério do Planejamento e na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) do Senado."O Paraná tem capacidade de pagamento. Atendemos a todas as exigências técnicas e legais, somos um dos poucos Estados que elevaram o rating [nota que revela a capacidade de pagamento], e uma das exigências do Tesouro para aprovar o financiamento é que os Estados tenham pelo menos rating B para operações de crédito", disse Richa.

Ele afirma que, após reavaliação o rating paranaense passou de C para B.Também no prazo de um mês, o Paraná espera que o Tesouro dê o aval para uma operação de renegociação de juros em uma dívida que possui com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

De acordo com Richa, entre 2011 e agosto de 2016 o Estado foi o penúltimo no ranking dos que mais tiveram autorizações do Tesouro para tomar empréstimos em organismos internacionais."Isso será levado em consideração para priorização do Paraná, que foi muito perseguido pelo governo anterior", disse Mauro Ricardo Costa, secretário da Fazenda do Paraná.Com informações da Folhapress.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X