Após migração para Bradesco, clientes HSBC têm salários atrasados

Número de clientes do banco brasileiro subiu de 26 milhões para 31 milhões após operação de compra

© Paulo Whitaker/Reuters
Economia Prejuízo 04:47 - 19/10/16 POR Notícias Ao Minuto

Após a migração dos clientes corporativos do HSBC para o Bradesco, milhares de brasileiros estão com salários atrasados. Isso porque o banco brasileiro enfrenta dificuldades para processar a folha de pagamento de grandes empresas que eram clientes do HSBC.

PUB

O Bradesco comprou a filial brasileira do HSBC em julho deste ano por US$ 5,2 bilhões. Com a operação, o número de clientes subiu de 26 milhões para 31 milhões.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, em alguns casos, os arquivos enviados pelas companhias não eram compatíveis com a plataforma tecnológica do Bradesco.

A transferência dos 5 milhões de clientes do HSBC – a maior já realizada pelo Bradesco – ocorreu nos dias 8 e 9 deste mês. Cerca de 140 mil são pessoas jurídicas.

Segundo o Bradesco, quase não houve incidentes na migração das contas das pessoas físicas, mas o banco não soube informar o total de empresas afetadas por problemas.

"Estamos trabalhando 24 horas por dia para resolver a situação e pagar o salário das pessoas. Para o Bradesco, o salário é sagrado", disse à reportagem da Folha o vice-presidente do banco Maurício Minas.

Leia também: BNDES volta a ter papel central em concessões, diz presidente

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X