Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2017
Tempo
MIN 9º MÁX 9º

Edição

Unilever rejeita oferta de R$ 431 bi feita pela Kraft Heinz

"A Unilever rejeitou a proposta porque não vê nenhum mérito, financeiro ou estratégico, para os acionistas", disse a empresa

Unilever rejeita oferta de
 R$ 431 bi feita pela Kraft Heinz
Notícias ao Minuto Brasil

14:40 - 17/02/17 por Folhapress

Economia Alimentação

A Kraft Heinz, conglomerado de alimentação controlado pelo grupo brasileiro 3G e pelo norte-americano Warren Buffett, confirmou nesta sexta-feira (17) ter feito proposta de 112 bilhões de libras (R$ 431,2 bilhões) para tomar o controle acionário da Unilever, companhia anglo-holandesa de bens de consumo.

De acordo com o Financial Times, a Unilever afirmou que o valor foi baixo e recusou a proposta. "A Unilever rejeitou a proposta porque não vê nenhum mérito, financeiro ou estratégico, para os acionistas", disse a empresa.

Se tivesse sido concretizada, seria a terceira maior fusão já ocorrida, de acordo com o Instituto de Fusões, Aquisições e Alianças (Imaa, em inglês). Apenas a aquisição da Mannesmann AG pela Vodafone, em 1999 (US$ 202 bilhões), e a compra da Time Warner pela America Online, em 2000 (US$ 165 bilhões), envolveram valores maiores.

Em comunicado, a Kraft afirmou que que "embora a Unilever tenha recusado a proposta, buscamos trabalhar para chegar a um acordo sobre os termos de uma transação".

A Unilever é dona de um portfólio de centenas de marcas, como Ades, Maizena, Knorr, Kibon, Seda, Axe, Rexona, Omo e Comfort. Já a Kraft é proprietária das marcas que vão do ketchup Heinz e do queijo Philadelphia à brasileira Quero. Com informações da Folhapress.

Campo obrigatório