Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Irmãos Batista compraram empresa investigada após avanço da PF

Informação consta nos documentos protocolados pela JBS na CVM

Irmãos Batista compraram empresa
 investigada após avanço da PF
Notícias ao Minuto Brasil

16:42 - 27/05/17 por Folhapress

Economia JBS

Os empresários Joesley e Wesley Batista viraram donos da Blessed Holdings em outubro de 2016, quando investigações da PF já avançavam sobre seus negócios.

A empresa é acionista indireta da JBS, mas por anos havia mistério sobre quem eram seus donos de fato. No papel, as proprietárias eram duas seguradoras, uma com sede em Cayman e outra em Porto Rico.

É essa a informação que ainda consta nos documentos protocolados pela JBS na CVM (Comissão de Valores Mobiliários). A empresa afirmou que, desde 2014, não recebe notificação de sua acionista indireta sobre mudanças em seu controle e, por isso, não promoveu alteração nos documentos.

Na última terça-feira (23), a CVM abriu investigação sobre a Blessed Holdings para analisar "a veracidade da divulgação dos controladores diretos e indiretos", incluindo as pessoas físicas, desta empresa.

A operação de compra da Blessed é informada nos extratos de Imposto de Renda que foram entregues ao Ministério Público Federal com outros documentos para compor a delação premiada dos Batista.

Eles indicam que os dois irmãos compraram cada um 50% da Blessed por US$ 150 milhões no ano passado —uma fração do que a participação indireta da companhia valia à época.

A reportagem enviou perguntas a Joesley e Wesley sobre o que os motivou a fazer a operação em 2016, de quem adquiriram a empresa e a razão de não terem informado à administração da JBS a compra. Eles não quiseram esclarecer nenhum desses pontos. Com informações da Folhapress.

Campo obrigatório