Imóveis são colocados à venda pela União no Distrito Federal

Comercialização é parte de estratégia da Secretaria do Patrimônio da União para reduzir gastos e aumentar a arrecadação

© Ueslei Marcelino / Reuters
Economia Concorrência pública 14:12 - 18/06/17 POR Notícias Ao Minuto

Na próxima terça-feira (20), Secretaria do Patrimônio da União (SPU) receberá documentos e propostas para a compra de 24 apartamentos e uma casa no Distrito Federal.

PUB

Os imóveis da União serão vendidos em concorrência pública. Os documentos e propostas de preço para os imóveis serão recebidos das 13h às 15h, no auditório térreo do bloco K, da Esplanada dos Ministérios e serão abertos logo em seguida.

A comercialização dos imóveis é parte de estratégia da SPU para reduzir gastos e aumentar a arrecadação com a venda de bens que estão desocupados e não podem ser de uso público.

Nesse primeiro edital são oferecidos 24 apartamentos funcionais localizados nas Asas Sul e Norte e uma casa na QL 12 do Lago Sul, áreas nobres de Brasília. Os apartamentos têm de 2 a 4 quartos, com áreas que variam de 75 metros quadrados a 134 metros quadrados. A casa, no Lago Sul, tem área construída de 795 metros quadrados.

Mais informações sobre os imóveis e regras para a sua aquisição no site imoveis.planejamento.gov.br.

Podem participar da concorrência pública pessoas físicas (exceto servidores do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão) e jurídicas, inclusive por meio de consórcio. Os interessados deverão apresentar uma proposta por imóvel. A proposta vencedora será a de maior valor, que deve ser igual ou superior ao preço mínimo definido no edital. Os valores dos apartamentos variam de R$ 506 mil a R$ 1,019 milhão.

Para apresentar a proposta, os interessados têm que recolher caução de 5% sobre o valor do preço mínimo do imóvel pretendido e comprovar esse recolhimento na entrega dos documentos.

O pagamento do imóvel será feito à vista, com recursos próprios ou por meio de financiamento imobiliário do comprador. Os imóveis podem ser visitados até dia 19 de junho, em dias úteis, das 9h às 17h, com agendamento pelo telefone (61)2020-1904 ou email vendaspu@planejamento.gov.br.

Leia também: Endividamento de estados volta à pauta da CAE

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X