Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

IBGE vê sinais insuficientes para cravar recuperação

O setor de serviços ainda não mostra sinais de recuperação, avaliou Rodrigo Lobo, analista da Coordenação de Serviços e Comércio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

IBGE vê sinais insuficientes para cravar recuperação
Notícias ao Minuto Brasil

13:49 - 13/04/18 por Estadao Conteudo

Economia serviços

O setor de serviços ainda não mostra sinais de recuperação, avaliou Rodrigo Lobo, analista da Coordenação de Serviços e Comércio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A queda de 2,2% no setor de serviços registrada em fevereiro ante igual mês do ano anterior representa uma aceleração do ritmo de perdas, apontou Lobo.

Em janeiro, o recuo tinha sido de 1,5%. Em dezembro, houve crescimento de 0,6%, que interrompeu uma sequência de 32 quedas consecutivas. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada nesta sexta-feira, 13, pelo IBGE.

"Em fevereiro ante fevereiro, a gente retoma aquela sequência de taxas negativas que tinha sido interrompida em dezembro", ressaltou Lobo.

A taxa acumulada em 12 meses, porém, manteve a trajetória ascendente iniciada em abril de 2017, quando recuava 5,1%. A taxa passou de recuo de 2,7% em janeiro para uma redução de 2,4% em fevereiro.

"A taxa de serviços em 12 meses está negativa desde julho de 2014", lembrou Lobo. "A recuperação ocorre por taxas negativas menos intensas, mas a informação ainda é menor do que no ano passado. São poucos os sinais de melhora, todos insuficientes para cravar que há algum tipo de recuperação (nos serviços)", concluiu. Com informações do Estadão Conteúdo.

Campo obrigatório