Meteorologia

  • 25 MAIO 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Trump diz que EUA e China estão 'trabalhando bem' em negociações

Os comentários de Trump vêm na mesma semana em que o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, vai à Casa Branca para negociar as relações comerciais entre os dois países

Trump diz que EUA e China estão 'trabalhando bem' em negociações
Notícias ao Minuto Brasil

20:05 - 13/05/18 por Estadao Conteudo

Economia COMÉRCIO EXTERIOR

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou neste domingo (13) que Washington e Pequim continuam trabalhando bem em relação ao comércio, mas ressaltou que negociações passadas foram favoráveis à China. Os comentários de Trump vêm na mesma semana em que o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, vai à Casa Branca para negociar as relações comerciais entre os dois países, com a finalidade de evitar futuras imposições de tarifas americanas a produtos do gigante asiático.

"A China e os EUA estão trabalhando bem juntos no comércio, mas as negociações anteriores foram tão favoráveis à China, por tantos anos, que é difícil para eles fazer um acordo que beneficie ambos os países. Mas tudo bem, tudo vai dar certo!", disse Trump em seu perfil no Twitter.

Além da visita de Liu He a Washington nesta semana, medidas tomadas pelo governo americano estarão no centro das atenções. Para o banco canadense Scotiabank, as tensões comerciais devem começar a aumentar novamente na terça-feira, quando o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, realizará uma audiência pública abordando a proposta de Trump de impor tarifas sobre US$ 50 bilhões em importações chinesas, alegando roubo de propriedade intelectual. O período de comentários termina em 22 de maio e, em algum momento durante a primeira quinzena de junho, Lighthizer deve revisar sua lista de tarifas e enviar recomendações a Trump.

Além disso, o Scotiabank também lembra que na próxima sexta-feira termina o prazo para que o Departamento do Tesouro americano apresente propostas para restringir o investimento chinês, "especificamente o relacionado a propriedade intelectual". Para o banco canadense, as potenciais retaliações da China contra qualquer movimento dos EUA poderiam inflamar ainda mais as tensões entre os dois países. Com informações do Estadão Conteúdo.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório