Meteorologia

  • 23 MAIO 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Em dia de alívio na Argentina, peso sobe em relação ao dólar

Ministro das Finanças da Argentina, Luis Caputo, reforçou que o governo não considera o ocorrido nos últimos dias como "uma crise cambiária e sim como uma turbulência"

Em dia de alívio na Argentina, peso sobe em relação ao dólar
Notícias ao Minuto Brasil

19:13 - 15/05/18 por Folhapress

Economia MERCADO FINANCEIRO

O ministro das Finanças da Argentina, Luis Caputo, anunciou em entrevista a jornalistas que foram licitados nesta terça-feira (15) dois novos bônus, um a cinco e outro a oito anos, em pesos, com taxas fixas, 16% e 16,5% anuais. São os chamados bônus "bote".

"Houve uma grande procura e consideramos isso um voto de confiança muito contundente com relação a esse país e ao presidente Mauricio Macri, e isso em dias em que as moedas emergentes estão sofrendo grande impacto", afirmou.

Caputo reforçou que o governo não considera o ocorrido nos últimos dias como "uma crise cambiária e sim como uma turbulência" e voltou a reforçar que as conversas com o Fundo Monetário Internacional são "preventivas".

Também destacou que a ida ao FMI foi necessária porque o modelo gradualista escolhido pelo governo "depende muito do financiamento externo".Na sequência, o ministro da Fazenda, Nicolás Dujovne, emendou dizendo que "está convencido de que a inflação irá diminuir depois do impacto dessa turbulência cambiária, para o mês que vem a tendência será de ir baixando" e que isso não colocaria obstáculos aos objetivos principais do governo: crescer e proteger os mais vulneráveis.

+ Expectativa de alta de juros nos EUA leva dólar a R$ 3,66

"Somos um dos países que mais rápido percebeu que era preciso buscar uma ajuda do FMI diante da turbulência cambiária, mas ao mesmo tempo mostramos que temos todos os mecanismos possíveis aqui mesmo na Argentina para seguir crescendo, como crescemos nesses últimos 7 trimestres de modo contínuo. Há muitas coisas positivas que estão acontecendo na nossa economia e que se deixaram nublar pelos acontecimentos dos últimos dias, mas estamos otimistas quanto ao rumo escolhido por essa equipe", disse Dujovne.

Caputo declarou que não houve uma fuga dos investidores das Lebac -os bônus que venciam hoje- e que os bônus foram 100% renovados.Nesta terça-feira (15), a moeda norte-americana fechou com uma cotação abaixo do esperado, 24,6%, com intervenção do Banco Central. Outros números foram anunciados. O Indec (IBGE local) informou que a inflação de abril foi de 2,7%, acima do calculado pelo governo (2%) e impulsionado pelos aumentos recentes das tarifas de água, eletricidade, gás e transporte.

Também por consequência destes, houve aumento 1,2% dos alimentos e bebidas.Indagado sobre o recálculo das metas da inflação para 2018, feitos no ano passado, Dujovne crê que a "meta de 15% é uma meta, não um prognóstico e vamos nos aproximar tanto quanto pudermos dessa cifra" e reforçou que foram calculadas num momento em que não se tinha muita ideia de como ia se comportar o cenário internacional. Mas afirmou que "a cifra final do ano não estará muito distante disso. "Atualmente, economistas calculam que a inflação do ano será em torno de 20%. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório