Meteorologia

  • 23 MAIO 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Após operação da PF, Gradual encerra atividades na Bolsa

Não está claro se outros serviços da Gradual, como de câmbio, continuarão operando ou também foram encerrados, implicando o fechamento da corretora

Após operação da PF, Gradual encerra atividades na Bolsa
Notícias ao Minuto Brasil

21:30 - 15/05/18 por Folhapress

Economia iNVESTIMENTOS

A Gradual Investimentos, citada em investigação da Polícia Federal, anunciou o encerramento de suas atividades na Bolsa. Em seu site, a corretora diz que realizará as operações "apenas para zeragem e transferência de posições" e solicita que os clientes aguardem instruções.

Não está claro se outros serviços da Gradual, como de câmbio, continuarão operando ou também foram encerrados, implicando o fechamento da corretora. Procurada, a empresa não havia se manifestado até a publicação deste texto. Segundo seu site, a Gradual tem 60 mil clientes e R$ 7 bilhões em custódia.

Aberta em 1991, já foi das principais corretoras independentes do país. Além de câmbio e corretagem, oferece serviços de advisory (aconselhamento de investimentos), wealth management (gestão de fortunas), administração e custódia de fundos de investimento e emissão e escrituração de ativos financeiros.

+ Petrobras aumenta gás para indústrias pela segunda vez em oito dias

Em abril, a Polícia Federal deflagrou nova fase de uma operação que investiga o envolvimento de corretoras em um esquema de fraudes com a aplicação de recursos de institutos de previdências municipais em debêntures (títulos de dívida) sem lastro. Executivos da Gradual, que negam as acusações, chegaram a ser presos.

O Banco Central disse que não comentaria o caso. A B3 informou que não havia recebido nenhum pedido formal de desligamento por parte da Gradual. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório