Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Estudantes buscam relacionamento 'sugar' para pagar faculdade

Inadimplência impulsiona inscrições em site de relacionamento

Estudantes buscam relacionamento 'sugar' para pagar faculdade
Notícias ao Minuto Brasil

09:25 - 12/06/18 por Notícias Ao Minuto

Economia site

A crise econômica também vem afetando os jovens que têm como objetivo uma formação universitária para se qualificar no mercado de trabalho. O Fundo de Investimento Estudantil (Fies), cujo total abrange cerca de 612 mil estudantes, aponta que 41% dos financiados não pagam as parcelas há mais de três meses. Em 2014, a taxa de inadimplência era de 18,9%, contra uma expectativa original de 10%, e em 2018 deu um salto assustador.

Ao invés de abandonar os estudos e renunciar aos projetos pessoais, muitos estudantes buscam alternativas para reverter a situação. O site de relacionamentos Meu Patrocínio registrou um crescimento médio de cadastros de sugar babies com graduação em andamento da ordem de 34% nos últimos três anos.

+ 'Pegadinha' do consignado faz cliente pagar mais parcelas

Desde janeiro de 2018 até agora o aumento atingiu a casa dos 70% entre os universitários. Homens e mulheres – jovens atraentes, ambiciosos e com objetivos claros de vida pessoal e profissional – têm vislumbrado na figura de um “provedor”, sugar daddy ou sugar mommy, pessoas maduras e bem sucedidas, uma possibilidade de realizar os sonhos de uma formação profissional de qualidade. Já que o tipo de relação proposta pelo estilo sugar envolve a transparência e o alinhamento de objetivos, fica claro desde o início o que o jovem espera neste relacionamento, contar com uma renda suplementar que garanta a continuidade de sua formação.

Dentre os babies usuários do site, 59% são estudantes, com uma média de 23 anos de idade, em plena fase de investimento nos estudos. Ao preencher o perfil e definir as expectativas, 50% dos universitários passaram a citar o desejo de custeio das despesas com a faculdade. Tendo dívidas com a universidade, essa ajuda aos babies proporciona a tranquilidade para quem precisa, neste momento da vida, dedicar-se a aprender e evoluir culturalmente.

Joyce S., 22 anos, estudante de direito, conta que seu irmão bancava as parcelas de financiamento da faculdade. “Quando ele ficou desempregado, no ano passado, quase interrompi a minha formação, estava muito desanimada. Então, uma amiga comentou sobre o Meu Patrocínio. Fui pesquisar e achei que valeria a tentativa. Presidente do conselho de uma grande empresa, ele me incentiva a continuar estudando e banca as minhas mensalidades”.

Aos 24 anos, Alessandro R. está no sexto semestre de publicidade e propaganda. Ele diz que, no início, pagava as mensalidades com os freelas que fazia como modelo, “mas, o valor do cachê cobria cada vez menos as despesas com os meus estudos e cheguei a atrasar quase um semestre. Recorri ao Meu Patrocínio e conheci Márcia, minha mommy atual, que, logo no segundo encontro, ciente do valor da minha dívida e fez questão de quitar”.

Jennifer Lobo, fundadora e CEO da plataforma Meu Patrocínio, considera que “os jovens sabem bem o que querem, principalmente em termos materiais e de carreira. Estudo é fundamental para uma escalada social. Esta geração está apta a utilizar os recursos disponíveis para conseguir os seus objetivos. Babies, daddies e mommies são honestos com relação às expectativas, cumprem o que foi estabelecido, beneficiando-se mutuamente. Assim, muitos universitários se formam, fazem cursos de especialização, aprendem um novo idioma. Quando encontram o seu provedor, acabam estimulando outros a fazer a mesma coisa”.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório