Meteorologia

  • 24 ABRIL 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

UE e Reino Unido fecham acordo sobre Brexit, diz site

Resolução evita uma ruptura abrupta no ano que vem

UE e Reino Unido fecham acordo sobre Brexit, diz site
Notícias ao Minuto Brasil

13:59 - 14/10/18 por Ansa

Economia saída britânica

Os negociadores da União Europeia e do Reino Unido teriam conseguido chegar neste domingo (14) a um acordo que garante uma "saída segura" do país do bloco e um período de transição para evitar choques econômicos. A informação é do site "Politico", que cita "diplomatas da UE".

Indícios de um pacto já haviam surgido no início do dia, quando o secretário britânico para a Saída da União Europeia, Dominic Raab, fez uma visita surpresa a Bruxelas para se encontrar com o negociador-chefe do bloco, Michel Barnier.

Os dois ficaram reunidos por cerca de uma hora. Além disso, os 27 embaixadores europeus foram convocados para uma reunião extraordinária neste domingo. Não há, no entanto, nenhuma confirmação oficial.

A reunião dos embaixadores serviria provavelmente para os Estados-membros remanescentes terem uma visão inicial do acordo, em vista da cúpula prevista para a próxima quarta-feira (17), em Bruxelas.

"O acordo está em nível de negociadores", declarou um diplomata ao "Politico", deixando claro que os termos ainda podem ser alterados. O tratado pode ser barrado pelos embaixadores da UE ou pelos líderes dos 27 países, assim como pode enfrentar resistência no próprio Reino Unido.

A imprensa britânica ainda trata o assunto com cautela e diz que as negociações entre Raab e Barnier continuarão nesta segunda-feira (15), posição confirmada à ANSA por fontes diplomáticas europeias.

+ Sephora faz teste no Brasil com venda de produtos mais baratos

Um dos principais entraves é a questão da fronteira entre a República da Irlanda, que pertence ao bloco, e a Irlanda do Norte, que faz parte do Reino Unido. Na primeira fase das negociações, concluída em dezembro passado, os dois lados se comprometeram a não instalar barreiras físicas na divisa, mas o nível de abertura ideal é motivo de discórdia.

Grupos que defendem um Brexit mais "duro", como o liderado pelo ex-secretário de Relações Exteriores Boris Johnson, dizem que a manutenção da livre circulação de pessoas, bens e capitais representaria uma "anexação" da Irlanda do Norte pela União Europeia.

Por outro lado, o acordo de paz entre as Irlandas, assinado em 1998, prevê fronteiras abertas, ao reconhecer as ligações históricas entre os dois territórios. Se Londres e Bruxelas conseguirem firmar um pacto nas próximas semanas, o Brexit acontecerá em 29 de março de 2019, com período de transição até 31 de dezembro de 2020.

Durante essa fase, cidadãos da UE que chegarem ao país britânico terão os mesmos direitos daqueles que desembarcaram antes do Brexit. Além disso, Londres terá de respeitar as regras europeias e continuará tendo acesso ao mercado comum nesse período.

Contudo, se não houver acordo, o rompimento será abrupto e imediato, o que pode provocar consequências sociais e econômicas para os dois lados. (ANSA)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório