Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Reforma da Previdência será fechada após Davos, diz Onyx

Segundo ministro-chefe da Casa Civil, será feita a apresentação de um texto sobre a reforma a Bolsonaro até o fim da semana

Reforma da Previdência será fechada após Davos, diz Onyx
Notícias ao Minuto Brasil

18:07 - 15/01/19 por Folhapress

Economia GOVERNO

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou nesta terça-feira (15) que o governo só vai fechar a proposta de reforma da Previdência após viagem do presidente Jair Bolsonaro a Davos, na Suíça.

"Antes de ele embarcar ele vai assistir a uma apresentação. Ele vai para lá com isso na cabeça, vai receber textos, vai pensar, vai maturar. Quando ele voltar a gente vai conversar e eu acho que ele vai bater o martelo", disse o ministro.

+ Bolsonaro escolhe general para o cargo de porta-voz do governo

Há 15 dias no cargo, Bolsonaro realiza no próximo fim de semana sua primeira viagem internacional. Em Davos, na Suíça, ele participa do Fórum Econômico Mundial, evento anual que reúne a elite econômica e política mundial em resort nos Alpes suíços.

A expectativa inicial era de que ele participasse do evento já com a proposta consolidada. Segundo relatos feitos à reportagem por pessoas próximas ao assunto, há divergência entre as equipes econômica e política do governo em torno da profundidade do texto.

Uma das dificuldades, por exemplo, se dá em torno da proposta de reforma que envolva os militares, que resistem a serem incluídos no projeto em discussão. Capitão reformado do Exército, Bolsonaro tem sete ministros militares além de seu vice, o general Hamilton Mourão.

+ Ações da Taurus despencam após decreto de Bolsonaro

Enquanto o ministro Paulo Guedes (Economia) quer modificações mais robustas, políticos defendem uma visão mais branda do texto. O assunto será arbitrado por Bolsonaro, que já deu declarações recentes sobre mudanças nas regras de aposentadoria que pegaram a equipe econômica de surpresa.

Segundo Onyx, será feita a apresentação de um texto sobre a reforma a Bolsonaro até o fim da semana.

As mudanças na Previdência são vistas como cruciais para o governo, que tem entre outros desafios a previsão de um deficit fiscal de R$ 139 bilhões para 2019.

Segundo o ministro, na sequência o governo quer ainda implementar uma reforma tributária, velha promessa dos últimos ex-presidentes.

Bolsonaro deve embarcar no próximo domingo (20) e retorna ao Brasil no dia 25, às vésperas da realização de uma cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia. Trata-se da terceira operação a qual será submetido em decorrência de uma facada sofrida durante a campanha eleitoral.

A cirurgia está marcada para 28 de janeiro em São Paulo, poucos dias antes do início das atividades do Legislativo, no dia 1º de fevereiro.

+ Bolsonaro e 141 ex-deputados já podem se aposentar com até R$ 33,7 mil

Bolsonaro deve ser a figura de destaque em um jantar oferecido pelo Fórum Econômico Mundial na noite do próximo dia 23. Além do dirigente brasileiro, o jantar fechado para convidados reunirá os presidentes Iván Duque (Colômbia), Lenín Moreno (Equador), Martín Vizcarra (Peru) e Carlos Alvarado Quesada (Costa Rica), com apresentação do CEO da Microsoft, Satya Nadella, sob o tema "Um futuro centrado em humanos para a América Latina".

O presidente viajará com uma comitiva de quatro ministros: Sergio Moro (Justiça), Guedes, Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Augusto Heleno (GSI). Segundo Onyx, a presença de Heleno será pelo 'dever de ofício' de garantir a segurança do presidente.

A organização do fórum divulgou nesta terça (15) detalhes da 49ª edição do evento criado por Klaus Schwab para debater os rumos da economia e política global. Além de Bolsonaro, cerca de 60 chefes de Estado ou governo estarão presentes na cidade suíça, incluindo os premiês do Japão, Shinzo Abe, e de Israel, Binyamin Netanyahu, que acaba de se reunir com Bolsonaro no Brasil. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório