Meteorologia

  • 25 ABRIL 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Previdência será votada na CCJ no começo de abril, diz Francischini

Francischini diz que líderes partidários querem esperar a chegada do projeto que altera as regras de aposentadoria de militares para só então começar a análise do texto

Previdência será votada na CCJ no começo de abril, diz Francischini
Notícias ao Minuto Brasil

16:00 - 18/03/19 por Folhapress

Economia reforma

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A reforma da Previdência deve ficar para a primeira semana de abril, afirmou o presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), Felipe Francischini (PSL-PR).

"Muito difícil votar antes", afirmou o deputado. A previsão de votação do texto no colegiado, que analisará sua admissibilidade, era inicialmente no final de março.

Francischini, porém, diz que líderes partidários querem esperar a chegada do projeto que altera as regras de aposentadoria de militares para só então começar a análise do texto.

Para fugir dos juros do cartão, brasileiro ressuscita crediário

A nova data de votação ficou prevista para a semana de quarta-feira, 3 de abril.

A proposta dos militares deve chegar ao Congresso até esta quarta-feira (20). Depois disso, Francischini designará um relator para tratar da reforma no colegiado.

Ele diz que, caso haja atraso no envio do projeto, é possível reavaliar os prazos para a escolha do relator. "Se der sinais de que atrasará, conversarei com os coordenadores partidários na CCJ para redefinir", disse.

A CCJ é a primeira fase da apreciação da reforma da Previdência. Depois, se aprovada, ela seguirá para a comissão especial, onde terá o mérito analisado.

O governo estima que tem os votos necessários para a aprovação da reforma na CCJ, mas quer ampliar a margem para evitar chegar enfraquecido à votação mais difícil, na comissão especial.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório