Meteorologia

  • 21 JULHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Maia: 'Vamos avançar na reforma tributária depois da Previdência'

O presidente da Câmara até admitiu que a discussão da reforma tributária poderia começar diretamente no plenário

Maia: 'Vamos avançar na reforma tributária depois da Previdência'
Notícias ao Minuto Brasil

04:51 - 03/04/19 por Estadao Conteudo

Economia Câmara

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira, 2, que a reforma tributária não irá atrapalhar a tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência. "Nós vamos avançar na reforma tributária depois de aprovada a reforma da Previdência", disse. Segundo Maia, a Câmara vai debater todos os temas e a reforma tributária já vinha sendo discutida desde o ano passado.

Maia falou da apresentação feita nesta terça pelo economista Bernard Appy sobre a emenda da reforma tributária. "A emenda do Bernard Appy, que fez uma nova apresentação hoje, foi muito bem aceita por todos", disse, revelando que o líder do MDB na Câmara, deputado Baleia Rossi (SP), resolveu reapresentar a emenda de Appy. "Talvez por ela a gente possa recomeçar todo um debate novamente, para que todos os novos deputados possam participar da discussão e que, dando tempo ao tempo, ocorra desde já o debate. Mas sua tramitação mais efetiva somente após a aprovação da reforma da Previdência", reforçou.

+ Francischini diz que sabatina de Guedes na CCJ deve durar de 6h a 8h

+ Governo defende texto integral de reforma da Previdência, diz Marinho

O presidente da Câmara até admitiu que a discussão da reforma tributária poderia começar diretamente no plenário, com a proposta do economista Appy, mas que isso tiraria os novos parlamentares do debate e anteciparia a discussão no plenário antes da Previdência. "O melhor é apresentar novamente a emenda do Bernard Appy para que se tramite na CCJ e na comissão especial. Com isso, a gente já está com a Previdência na frente e teremos tranquilidade de votar a Previdência e depois a tributária", disse. Com informações do Estadão Conteúdo. 

Campo obrigatório